RECONSTRUÇÕES DA TEORIA SOCIAL HEGELIANA EM FREDERICK NEUHOUSER E ROBERT PIPPIN

  • Raquel Patriota da SILVA (UNICAMP)

Resumo

Este artigo confronta dois modelos de atualização da filosofia política de Hegel – um delineado por Frederick Neuhouser em Foundations of Hegel’s Social Theory (2000) e outro por Robert Pippin em Hegel’s Practical Philosophy (2008). Consideraremos tanto as similaridades dessas duas obras, na medida em que ambas participam de uma tendência de “atualização” da filosofia hegeliana, quanto suas divergências, principalmente no que concerne aos recursos teóricos dos quais cada uma se investe. Seguiremos o modo como Neuhouser e Pippin reinterpretam a teoria social hegeliana sem necessariamente aquiescer a seus pressupostos metafísicos. Investigando como os dois autores consideram possíveis saídas ao “sistema” hegeliano, pensaremos como oferecem perspectivas relevantes sobre a natureza da liberdade, a função das instituições sociais e o modo como se articulam as vontades individuais no seio da esfera pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-03-14