OS CONCEITOS DE VERSTEHEN E SEHEN ALS NAS INVESTIGAÇÕES FILOSÓFICAS

  • Tatiane Boechat Doutoranda em Filosofia pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
Palavras-chave: Compreensão, Ver-como, Regras, Linguagem

Resumo

Procuramos mostrar a importância do conceito de compreensão (Verstehen) e de ver-como (Sehen als) na argumentação das Investigações Filosóficas sobre a linguagem, a significação e o mundo. Investigando como a articulação no modo de perceber um aspecto recoloca de uma nova maneira o significado do que seja o sentido de algo ou, em outras palavras, do que seja a percepção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAKER, G. P.; HACKER, P. M. S. Wittgenstein: Rules, Grammar and Necessity. Oxford: Basil Blackwell, 1988.

______. Wittgenstein: Understand and Meaning. Essays. Oxford: Basil Blackwell, 2005.

______. Wittgenstein: Meaning and Understanding. Essays. Oxford: Basil Blackwell, 1992.

BARBOSA FILHO, B. Os modos da significação. Tese de doutoramento.

HACKER, P. M. S. Insight and Illusion: themes in the philosophy of Wittgenstein. Oxford: Basil Blackwell, 1989.

LE DU, M. La nature sociale de l’esprit: Wittgenstein, la psychologie et les sciences humaines. Paris: J. vrin, 2004.

SANTOS, L. H. L. A harmonia essencial. In: A crise da razão. São Paulo: Cia das Letras, 1996.

WITTGENSTEIN, L. Philosophical Investigations. Oxford: Basil Blackwell, 2009.

______. Tractatus logico-philosophicus. São Paulo: Edusp, 2008.

______. Blue and Brown Books. Oxford: Basil Blackwell, 2008.

______. Remarques Philosophiques. Paris: Gallimard,1975.

______. Wittgenstein's Lectures, 1932-35. Oxford: Blackwell, 1966-79. The 1932-33 Lecture notes, p. 2, 40.

WINCH, Peter. A idéia de uma ciência social e sua relação com a Filosofia. São Paulo: Ed. Nacional, 1970.
Publicado
2011-07-30
Seção
Artigos