BRINCADEIRAS CANTADAS E CONSTRUÇÃO DA ESTRUTURA RÍTMICA BINÁRIA POR MEIO DE UMA EXPERIÊNCIA DIDÁTICA PIAGETIANA

Autores

  • Liliam Keidinez Bachete da Conceição RABASSI GEPAC/UEM - Maringá-PR
  • Geiva Carolina CALSA GEPAC/UEM - Maringá-PR

DOI:

https://doi.org/10.36311/1984-1655.2017.v9n1.03.p29

Resumo

A formação conceitual, técnica e pedagógica dos professores para ensinar música é uma preocupação do contexto educativo atual. Abordamos uma metodologia de trabalho pedagógico com adaptação do método clínico piagetiano. As brincadeiras cantadas são atividades que envolvem o movimento corporal e o ritmo, conteúdos relacionados à música. Investigamos como uma intervenção pedagógica construtivista com uso de brincadeiras cantadas influencia a aprendizagem da estrutura rítmica binária de alunos de 6ª série / 7º ano do Ensino Fundamental. A coleta de dados foi realizada no período de aula regular dos alunos, por meio de filmagens e anotações de campo. Cada aula foi denominada de sessão de intervenção pedagógica. Adaptando a postura do investigador do método clínico piagetiano para a docência o professor se coloca em contínua elaboração de hipóteses e de tomadas de decisão sobre sua atuação em relação a aprendizagem dos alunos. Os dados revelaram um movimento progressivo dos alunos em direção à construção da estrutura rítmica binária, que foram divididas em três etapas de análise: Etapa I - Percepção do Tempo Forte (TF) e do tempo fraco (tf); Etapa II – Conservação do padrão métrico binário TF e tf independente da variação da expressão musical e Etapa III – Compreensão do prolongar e subdividir do tempo métrico. A identificação e compreensão do tempo forte/tempo fraco por parte dos alunos foi considerada fundamental para acompanhar o movimento do grupo em direção ao conhecimento da estrutura rítmica binária. Concluímos que as brincadeiras cantadas apoiadas em uma metodologia construtivista são ferramentas de ensino adequadas para a aprendizagem do ritmo binário, demonstrando a fecundidade do método clínico para a organização de metodologias para o ensino da música.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-09-05

Edição

Seção

Artigos