Trabalho e ação coletiva no Wall Mart Brasil

Autores

  • Patrícia Rocha Lemos Doutora em Ciências Sociais pela Unicamp.

DOI:

https://doi.org/10.36311/0102-5864.2019.v56n2.11.p99

Palavras-chave:

Walmart; regime de trabalho; ação coletiva

Resumo

O objetivo do artigo é analisar como a ação individual ou coletiva dos trabalhadores tem influenciado e resistido ao regime de trabalho existente nas lojas do Walmart no Brasil. Argumentamos que esse regime resulta de uma complexa articulação entre processos globais e arranjos que se consolidam nacionalmente e no local de trabalho. A partir de pesquisa de campo em 3 lojas, de entrevistas com trabalhadores e sindicalistas, da análise de processos trabalhistas do TST e de documentos da empresa e sindicais, o artigo chama atenção para 3 aspectos principais: 1) os limites e possibilidades de ação dos trabalhadores que resultam das características do seu processo e organização do trabalho e da política da empresa; 2) as iniciativas sindicais no nível nacional e internacional e seus impactos no Brasil e 3) a judicialização do conflito e o papel da Justiça do Trabalho.

Recebido em 31-08-2019

Aprovado em 12-12-2019

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-12-21

Edição

Seção

Artigos