A CORRENTE ALTHUSSERIANA E O DESENVOLVIMENTO DO MATERIALISMO HISTÓRICO

Autores

  • Décio Azevedo Marques de Saes Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Metodista de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.36311/0102-5864.2014.v51n1.8218

Palavras-chave:

Materialismo histórico, Marx, Engels

Resumo

O artigo discute se ainda vale a pena investir na reflexão sobre o materialismo histórico, já que esse monumental programa teórico, construído por Marx e Engels, com apoio num vasto e paciente trabalho de pesquisa histórica, parece estar, hoje, cercado por todos os lados. O autor defende o uso dessa expressão de forma enfática, porque os intelectuais conservadores estariam agora coadjuvados, no ataque ao materialismo histórico, por antigos althusserianos, que se renderam à proposta catastrófica do último Althusser: o projeto de construção de um “materialismo do encontro”, sobre as ruínas da teoria marxista da história.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-06-30

Edição

Seção

Artigos