Aproximações entre ontologia marxiana e paleontologia no salto ontológico ser natural/ser social: especialização, não-especialização e trabalho

Autores

  • Adriano Lopes Prof. Dr. da Universidade Federal do Maranhão (Campus III – Bacabal)

DOI:

https://doi.org/10.36311/0102-5864.2020.v57n1.09.p81

Palavras-chave:

ontologia marxiana, paleoantropologia, salto ontológico.

Resumo

O processo do salto ontológico do ser natural ao ser social pode nos dar uma chave para um entendimento substancial sobre as fundamentais diferenças entre humanos e todas as outras espécies de animais. Analisamos as categorias especialização/não-especialização, bem como a sua relação com a tecnologia e o trabalho. Baseando-nos nas contribuições da paleoantropologia através da lente crítica da ontologia materialista moderna que reconhece a historicidade evolutiva dos seres, evidenciando a transição de um ambiente meramente biológico-causal para um mundo histórico-social e a categoria central que diferencia a humanidade dos outros animais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-29