[1]
A. Schopenhauer, “TRADUÇÃO: Sobre a essência íntima da arte”, Trans/Form/Ação, vol. 23, nº 1, p. 127–131, jan. 2000.