[1]
A. GAVA, “O EMPIRISMO CONSTRUTIVO, A DISTINÇÃO ENTRE OBSERVAR E OBSERVAR QUE E A INTENCIONALIDADE”, Trans/Form/Ação, vol. 39, nº 3, set. 2016.