[1]
J. Gracioso, “A dimensão teleológica e ordenada do agir humano em Santo Agostinho”, Trans/Form/Ação, vol. 35, p. 11–30, dez. 2012.