[1]
W. Pereira, “Semiologia e pintura segundo René Passeron”, Trans/Form/Ação, vol. 4, p. 61–71, jan. 1981.