[1]
W. Pereira, “Sobre a bienal de número XIII”, Trans/Form/Ação, vol. 2, p. 181–194, jan. 1975.