[1]
Piaia, G. 2002. Os tesouros de Crateto: sobre a validade do estudo histórico da filosofia. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista de Filosofia. 25, 1 (jan. 2002), 19–28. DOI:https://doi.org/10.1590/S0101-31732002000100002.