Espiando pela fresta

Autores

  • Estevão ARMADA

DOI:

https://doi.org/10.36311/1808-8473.2007.v1n4.1394

Resumo

No desenrolar da trama de O ano que meus pais saíram de férias percebemos a transfiguração do aspecto político e o surgimento da percepção de Mauro acerca da figura feminina, que deixa de ser exclusivamente materna. Numa época diferente da atual, quando o controle sobre as pessoas era exercido de forma rígida, Mauro tem acesso a uma visão impossível para muitos meninos de sua idade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

ARMADA, E. (2011). Espiando pela fresta. BALEIA NA REDE, 1(4). https://doi.org/10.36311/1808-8473.2007.v1n4.1394