Compromisso Ético

O periódico segue os padrões éticos de publicação do Committee on Publication Ethics (COPE), cujos princípios estão descritos aqui. Práticas de plágio, autoplágio, falsificação e fabricação de dados não são permitidas. Essas más condutas científicas são definidas, respectivamente, pela Academia Brasileira de Ciências da seguinte maneira neste endereço

  1. Plágio envolvendo a apropriação de ideias e do trabalho de outros sem o crédito devido;
  2. Autoplágio ou republicação de resultados científicos já divulgados, como se fossem novos, sem informar publicação prévia;
  3. Falsificação ou manipulação de dados, procedimentos e resultados;
  4. Fabricação de resultados e de registros como se fossem reais;

A Comissão Editorial se compromete com os princípios de impessoalidade, transparência e confidencialidade nas avaliações, preservando os direitos de avaliadores/as, autores/as e instituições envolvidos/as no processo editorial.

Todos os manuscritos submetidos ao periódico são examinados por meio de programas de detecção de plágio (Turnitin). Se plágio, autoplágio (reciclagem de texto) ou publicação redundante for identificado, os editores tomarão medidas seguindo as diretrizes do Comitê de Ética em Publicações-COPE e considerarão a possibilidade de suspender o processo de avaliação ou retratar uma publicação (conforme a Política de errata e Retratação).