Liberdade democrática como desenvolvimento de si, resistência à opressão e à injustiça epistêmica

Palavras-chave: democracia, liberdade, Paulo Freire, Amílcar Cabral, Augusto Boal

Resumo

O artigo busca elaborar um conceito de liberdade democrática como desenvolvimento de si, resistência à opressão e à injustiça epistêmica mediante engajamento crítico com as obras de Paulo Freire, Amílcar Cabral e Augusto Boal. No pensamento dos três autores, democracia, liberdade e desenvolvimento de si constituem uma tríade de mútua influência, de sorte que o pleno exercício de quaisquer destes itens é impossível na ausência de qualquer um dos outros dois. Trata-se de mostrar, ademais, a maneira pela qual a opressão é compreendida nos trabalhos dos três pensadores como o oposto da liberdade, e a injustiça epistêmica, como uma dimensão psíquica da opressão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Hessmann Dalaqua, Universidade Estadual do Paraná

 Professor no Colegiado de Filosofia da Universidade Estadual do Paraná

Publicado
2020-09-10
Seção
Artigos/Articles