OS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA E A CRISE NO EGITO: REFLEXÕES INICIAIS

  • Anna Carolina Monéia Farias Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) – UNESP/campus de Marília
Palavras-chave: EUA, Crise no Egito, Geopolítica

Resumo

A partir da Primavera Árabe e da instabilidade que se instalou no Egito, um dos principais países aliados no Oriente Médio, é que a atenção norte-americana à região é novamente intensificada. A necessidade de defender os interesses nacionais em um sistema internacional em transformação faz com que os EUA desempenhem um papel fundamental na busca pela ordem. Dessa forma, a proposta deste trabalho é fazer uma reflexão inicial dos aspectos do envolvimento dos EUA na Crise do Egito e como a instabilidade política do país árabe pode refletir na relação entre os países a partir de um referencial teórico das Relações Internacionais e da Geografia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anna Carolina Monéia Farias, Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) – UNESP/campus de Marília

Trabalho realizado durante o desenvolvimento da disciplina de Introdução à Geografia do curso de Relações Internacionais – UNESP Campus Marília.

Publicado
2016-06-30
Seção
Artigos