As interpretações sobre Clausewitz na Alemanha e na União Soviética no contexto da segunda guerra mundial: um exame da literatura

  • Henrique Roder Silva
Palavras-chave: Clausewitz, Segunda Guerra Mundial, interpretações clausewitzianas

Resumo

O objetivo deste artigo é propor um estudo de caráter descritivo e histórico sobre a reverberação no contexto da Segunda Guerra Mundial na Alemanha e na União Soviética no tocante ao pensamento de Carl von Clausewitz (1780-1831), influente general e pensador clássico sobre o fenômeno da guerra. Toma-se como ponto de partida as interpretações do legado teórico clausewitziano da Primeira Guerra Mundial que reúne as considerações realizadas pelo historiador e militar britânico Basil Liddell Hart nos pontos recorrentes ao choque frontal, a extrema violência e a demasiada filosofia presente no pensamento clausewitziano que, em alguns pontos se assemelham às apropriações militares nazistas e soviéticas na Segunda Guerra Mundial. Essas interpretações ignoram a análise historicista do fenômeno militar, bem como seu nexo indissolúvel com a política e a primazia da defesa frente ao ataque. De acordo com essa linha, o trabalho analisa bibliografia de escolas militares alemãs nazistas e soviéticas, documentos científicos e históricos da Segunda Guerra Mundial assim como o primeiro capítulo do livro um de “? Da Guerra”, ? visto ser o único revisado pelo autor, antes de sua morte. Em resumo, as hipóteses a serem testadas apontam para a deturpação de vários aspectos do pensamento clausewitziano, quando aplicados a diferentes tipos de situações e contextos daquele conflito delimitado

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-09-03
Seção
Artigos