A GUERRA DA COREIA (1950-1953): UM ESTUDO SOB A ÓTICA DO LEGADO TEÓRICO DE EDWARD HALLET CARR

Mieny Cássia Nakamura dos SANTOS, Rodrigo Duarte Fernandes dos PASSOS

Resumo


O objetivo deste texto é responder de modo introdutório à seguinte questão: como analisar a Guerra da Coreia (1950-1953) à luz do pensamento de Carr? Para buscar responder a tal indagação, buscar-se-á testar a seguinte hipótese: a partir da caracterização do construto teórico de Carr, é possível caracterizar as origens, desenrolar e dificuldades do desfecho do conflito na península coreana como associadas ao excesso de realismo por parte das duas superpotências no contexto da Guerra Fria. O texto apresenta uma visão geral do pensamento de Carr em “Vinte anos de crise” e busca aplicar seu conteúdo de modo a proporcionar uma breve análise sobre o conflito mencionado, mostrando como o excessivo realismo associado à postura preponderante das duas superpotências naquele conflito inicial da Guerra Fria foi fundamental para o início e desfecho específicos daquele conflito.

Texto completo:

PDF