AS DUAS ALMAS: AS ANÁLISES CLÁSSICAS E AS PECULIARIDADES DAS DISCUSSÕES SOBRE O “NOVO IMPERIALISMO”

Thiago Fernandes FRANCO

Resumo


Este trabalho teve por objetivo apresentar uma apreciação crítica comparativa entre o “debate clássico sobre o imperialismo” - do início do século XX - e o “debate contemporâneo sobre o (novo) imperialismo” - que ganhou fôlego após 2002, com a declaração da Guerra Global contra o Terrorismo. Para tanto, no primeiro item comentamos algumas ideias dos “clássicos” - Hobson, Angell, Hilferding, Lenin, Kautsky e Luxemburgo. No segundo, comentamos brevemente sobre como a questão foi pensada no período entre os dois debates. No terceiro, comentamos Mann, Chomsky e Harvey. Por fim, a título de considerações finais, atentamos para a importância de relacionar esse debate com a luta anticapitalista.


Texto completo:

PDF