Um estudo sobre Cartilha Analytica, de Arnaldo de Oliveira Barreto (1869-1925)

  • Vanessa Cuba Bernardes UNESP Marília

Resumo

Neste artigo, apresentam-se resultados de pesquisa vinculada às linhas "Alfabetização" e "Ensino de língua portuguesa" do Grupo de Pesquisa “História do Ensino de Língua e Literatura no Brasil", coordenado por Maria do Rosário Mortatti. Visando a contribuir para a compreensão de um importante momento da história do ensino da leitura e escrita no Brasil, focaliza-se o método analítico para esse ensino concretizado pelo professor paulista Arnaldo de Oliveira Barreto (1869 - 1925), em Cartilha Analytica, publicada pela editora Francisco Alves (RJ), com 1ª. edição presumivelmente em 1909 e a última, a 74ª, em 1967. Mediante abordagem histórica centrada em pesquisa documental e bibliográfica, analisou-se a configuração textual dessa cartilha, tendo sido possível constatar as principais características do método analítico nela concretizado e sua influência no ensino da leitura e escrita em escolas primárias do Brasil, ao longo da primeira metade do século XX.

Biografia do Autor

Vanessa Cuba Bernardes, UNESP Marília
Graduada em Pedagogia em 2003, pela FFC-UNESP-Campus de Marília. Atualmente, sou professora de Ensino fundamental pelo Estado e professora de desenvolvimento infantil pela Prefeitura de São Paulo.
Publicado
2008-04-22
Seção
Artigos