Asas da Imaginação - Por Que HA Tantas Teorias Sobre a Consciência?

José Monserrat Neto

Resumo


Examina-se a origem da consciência sob o enfoque da evolução da imaginação. Propõe-se que o imaginário seja processo e resultado da relação organismo-objeto, e fonte da capacidade de imaginação. Com base em Castoriadis e Damásio, lança-se a hipótese de um terceiro nível para o fluxo de imagens para explicar a evolução da imaginação, e esboça-se um cenário para a sua evolução na espécie humana. Examina-se o status da representação, gerada pelo imaginário, concluindo-se que é, ao mesmo tempo, real e fictício. Analisa-se o papel do imaginário na educação, arte e ciência, e sugere-se que a capacidade de imaginação é essencial para se compreender a forma criativa com que o ser humano apreende e (re)constrói a sua realidade.

Texto completo:

PDF