O uso da memória para investigação de ritos no parto e "resguardo" em Santarém (PA).

  • Manuelle Lopes de MATOS
  • Lucybeth Camargo de ARRUDA

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar crenças, normas e tabus alimentares no parto e durante o “resguardo” de um grupo de mulheres que pariram nas décadas de 1960 e 1970 na cidade de Santarém, PA. Partindo dessas experiências e por meio de suas memórias, esta pesquisa almeja, a partir dos dados, refletir as práticas e preocupações no parto e resguardo dessas mulheres, encarando o período do “resguardo” como rito de passagem, quando a mulher estava sujeita a regras e tabus para protegê-la de perigos e complicações na sua saúde e na saúde da criança.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-09-16
Seção
Artigos/Articles