http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/issue/feed Revista ORG & DEMO 2019-10-11T14:24:23-03:00 Neusa Maria Dal Ri neusa@marilia.unesp.br Open Journal Systems <p>A Revista <strong>ORG &amp; DEMO</strong> é uma publicação semestral do Grupo de Pesquisa Organizações e Democracia da Universidade Estadual Paulista (UNESP) destinada a promover a socialização do conhecimento e resultados de pesquisas produzidas por cientistas sociais nacionais e internacionais.</p> <p>&nbsp;A sua denominação é <strong>ORG &amp; DEMO</strong>, que deve ser usada em bibliografias, notas de rodapé e em referências e legendas bibliográficas.</p> http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/7678 Formação de professores: currículo mínimo e política educacional da ditadura civil-militar (1964-1985) 2019-10-04T08:44:21-03:00 Renata Bento LEME rb.leme@yahoo.com.br Tania Suely Antonelli Marcelino BRABO tamb@terra.com.br <p>O texto discute as implicações e as concepções educacionais implantadas durante o período da Ditadura Civil-Militar (1964-1985), em que o tecnicismo e a fragmentação do conhecimento acabaram por serem reforçados e consolidados no sistema educacional do país, inclusive na formação de professores (as). A educação passou a ser organizada com um caráter técnico, reforçando tendências históricas de ofertar tipos distintos de ensino, conforme a classe social atendida. Entender a educação hoje passa pela compreensão histórica, na qual a usaram para cumprir um papel de transmissora de ideologia, particularmente no momento em que a rede pública de ensino sofreu com o processo de modernização. Buscou-se em documentos oficiais e não oficiais informações que nortearam a implantação do tecnicismo no campo educacional, além de analisar-se o processo de fragmentação do conhecimento decorrente de tal concepção tecnicista, que levou ao esvaziamento no currículo de várias disciplinas. Trata-se de pesquisa de cunho qualitativo interpretativo, cujo procedimento principal foi a pesquisa bibliográfica, com levantamento de obras e artigos em bases de dados com informações importantes sobre as definições das concepções de ensino no período determinado.</p> <p>Submetido em: 25/04/2019<br>Aceito em: 30/06/2019</p> 2019-10-04T08:44:21-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/9116 Agronegócio e Agrotóxico: uma parceria para o (in) sucesso da produção de alimentos 2019-10-04T08:17:58-03:00 Raimunda Áurea Dias de SOUSA aurea.souza@upe.br Luciano Alves PEREIRA aurea.souza@upe.br <p>O pacote tecnológico de modernização na agricultura brasileira acompanhou o discurso global de combate à fome, especialmente, nos países subdesenvolvidos como o Brasil. Essa política se consolida, todavia, com a transformação dos produtos em <em>commodities</em> com o intuito de exportar para Europa e Estados Unidos e assim, obter maiores rendimentos. Nesse sentido, o presente trabalho tem por objetivo, analisar o agronegócio e os agrotóxicos no campo, como parceiros inseparáveis na busca pelo (in)sucesso da produção de alimentos indispensáveis à existência do ser humano. A percepção do (in)sucesso encontra-se na consolidação do agronegócio que tem promovido a concentração de terras, utilização excessiva de agrotóxicos, produção de sementes transgênicas, imposição de&nbsp; pacotes tecnológicos à agricultura familiar, retirando dela a soberania alimentar.</p> <p>Submetido em: 25/06/2019<br>Aceito em: 30/06/2019</p> 2019-10-04T08:15:29-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/8848 Regime trabalhista e participação nos processos de recuperação de fábricas na Argentina no novo século 2019-10-04T08:29:56-03:00 María Victoria DEUX MARZI mvictoriadeux@gmail.com <p>Neste artigo descrevemos e analisamos os processos de recuperação de empresas desenvolvidas no período de 2000 a 2015. Vinte anos após as primeiras recuperações de empresas, é particularmente interessante analisar e caracterizar processos que conseguiram se manter com relativa estabilidade durante um período que consideramos aqui, transpôs a da recuperação estrita (estágio fundacional e recuperação incipiente). Assim, enfocando a fase de consolidação dos processos, nos questionamos sobre as características das formas econômicas e relações sociais efetivamente consolidadas nos processos analisados ?e sobre a natureza e abrangência das transformações que tanto relações econômicas e sociais). Tudo isso nos aproxima de saber se as novas configurações de trabalho constituem uma experiência de trabalho socialmente diferente.</p> <p>Submetido em: 10/04/2019<br>Aceito em: 01/06/2019</p> 2019-06-28T00:00:00-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/8459 Problemáticas que dificultam o desenvolvimento de pesquisas em escolas de ensino médio de setores medios-altos. Duas experiências no Estado de Buenos Aires, Argentina 2019-10-04T08:32:18-03:00 Pablo KOPELOVICH kopelovichp@gmail.com <pre id="tw-target-text" class="tw-data-text tw-ta tw-text-small" dir="ltr" data-placeholder="Traducción" data-fulltext="">Este artigo tem como objetivo apresentar e desenvolver uma série de reflexões sobre as dificuldades apresentadas ao se ingressar na investigação de problemas ao redor do corpo de escolas de ensino médio de elite ou setores médios-altos da sociedade. Refere-se ao início e desenvolvimento de um trabalho de campo, a partir da metodologia qualitativa, que inclui, por exemplo, observação participante e entrevistas em profundidade com atores sociais. Para isso, duas experiências estão incluídas em instituições de ensino da província de Buenos Aires, Argentina. Estima-se que esta é uma questão que contribuiria para a compreensão do modo de funcionamento desses tipos de instituições, além de contribuir para a discussão sobre metodologia de pesquisa. Ou seja, poderia ser tomada como uma característica importante das escolas em relação, por exemplo, ao modo de ver, pensar, imaginar, tratar, outros, pessoas fora dos estabelecimentos. Pode-se também pensar no grau de fechamento social realizado por certos grupos.<br>Submetido em: 14/12/2018<br>Aceito em: 02/05/2019</pre> 2019-06-28T00:00:00-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/9114 Traços de pesquisa no cotidiano docente: os horários pedagógicos como oportunidade de estudos 2019-10-04T08:51:43-03:00 Débora Roquini de SOUZA debora.roquini@gmail.com Celso VALLIN celso.vallin@gmail.com <p>A preocupação com um tempo para os estudos do professor nasceu em 1996 com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional n° 9394 que definiu que os sistemas de ensino assegurariam um período reservado a estudos, planejamento e avaliação, incluídos na carga de trabalho. Considerando a palavra estudos, nos propomos a investigar que condições favorecem ou impossibilitam professores de estudar com o objetivo de conhecer como esses estudos auxiliam na articulação entre teoria e prática, ainda que não apresentem a sistematicidade exigida pela pesquisa científica. Trata-se de um estudo de caso descritivo na abordagem qualitativa com pesquisa de campo com professores do Ensino Fundamental de duas escolas estaduais do Sul de Minas Gerais. Encontramos traços de pesquisa no cotidiano docente e o caso de uma escola que resgatou o objetivo das reuniões pedagógicas que nos levou a concluir que é possível estudos mais aprofundados através do engajamento e participação dos professores. Ressaltamos uma relação entre pesquisa e formação continuada, apontando a necessidade de apoio das secretarias de ensino de modo que a pesquisa seja tratada como atitude cotidiana incluída na carga de trabalho.</p> <p>Submetido em: 19/01/2019<br>Aceito em: 10/06/2019</p> 2019-06-28T00:00:00-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/7894 Qualidade de Vida no Trabalho: a percepção dos servidores públicos 2019-10-04T08:27:19-03:00 José Marcos Nunes BENEVENUTE jmbenevenute@ifes.edu.br Sheila Ataíde Domingues de SOUZA sadsouza@ifes.edu.br Ângela Maria do Amaral Abreu CARVALHO amaabreu@ifes.edu.br <p class="Standard">O estudo objetivou investigar junto aos trabalhadores quais aspectos que podem influenciar na qualidade de vida no trabalho e oferecer elementos para o desenvolvimento de ações futuras que contribuam para um ambiente laboral de bem-estar e satisfação. Utilizou-se metodologia quantitativa de corte transversal por meio de questionário criado por Walton (1973) que avalia qualidade de vida no trabalho em 8 dimensões e 36 subdimensões.&nbsp; Os resultados indicaram&nbsp; que&nbsp;&nbsp; existe satisfação com o trabalho na maioria das dimensões avaliadas, o que sugere um ambiente de trabalho que contribui para a boa qualidade de vida dos servidores. Contudo, em todas as dimensões avaliadas existe algum grau de insatisfação e um elevado número de neutralidade possibilitando inferir que o método adotado pode não ter contribuído para expressões mais genuínas.</p> <p class="Standard">Submetido em: 23/05/2018<br>Aceito em: 10/06/2019</p> 2019-06-28T00:00:00-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/9305 Editorial 2019-10-04T08:05:04-03:00 Neusa Maria Dal Ri neusamdr@terra.com.br <p>Apresentamos aos leitores e às leitoras o número 1, do volume 20 de ORG&amp;DEMO relativo ao ano de 2019, que está composto por seis artigos. O primeiro artigo apresentado denomina-se Régimen de trabajo y participación en los procesos de recuperación de empresas en Argentina en el nuevo siglo e foi escrito por María Victoria Deux Marzi da Universidad Nacional de Rosario, Argentina. O segundo artigo é intitulado Agronegócio e agratóxico: uma parceria para o (in)sucesso da produção de alimentos e foi elaborado por Raimunda Áurea Dias de Sousa e Luciano Alves Pereira da Universidade de Pernambuco, Campus Petrolina.&nbsp;O terceiro artigo apresentado foi elaborado por José Marcos Nunes Benevenute, Sheila Ataíde Domingues de Souza e Ângela Maria do Amaral Abreu Carvalho do Instituto Federal do Espírito Santo, Campus de Alegre.&nbsp;Problemáticas que dificultan el desarrollo de investigaciones en escuelas secundarias de sectores medios-altos. Dos experiencias en la Provincia de Buenos Aires, Argentina é o título do quarto artigo escrito por Pablo Kopelovich da Universidad Nacional de La Plata, Argentina.&nbsp;O quinto artigo foi escrito por Renata Bento Leme, da Universidade Estadual de Londrina, Paraná, e Tania Suely Antonelli Marcelino Brabo da Universidade Estadual Paulista, Campus de Marília, São Paulo.&nbsp;Traços de pesquisa no cotidiano docente: os horários pedagógicos como oportunidade de estudos é o sexto artigo apresentado e foi elaborado por Débora Roquini de Souza e Celso Vallin da Universidade Federal de Lavras, em Minas Gerais.</p> <p>Aos nossos leitores e leitoras desejamos uma boa leitura.</p> 2019-06-28T00:00:00-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/9306 Instruções aos Colaboradores 2019-10-04T08:57:08-03:00 Neusa Maria Dal Ri neusamdr@terra.com.br <p>ORG &amp; DEMO é uma publicação semestral do Grupo de Pesquisa Organizações e Democracia da Universidade Estadual Paulista (UNESP) e da Faculdade de Filosofia e Ciências, Campus de Marília. Destinada a promover a socialização do conhecimento e resultados de pesquisas de cientistas nacionais e internacionais, ORG &amp; DEMO aceita trabalhos inéditos, sob forma de artigos, comentários de livros, comunicações de pesquisas e também relatos de experiências autogestionárias ou de vivências democráticas das organizações. Os trabalhos deverão ter interesse acadêmico e social.</p> 2019-06-28T00:00:00-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/8676 UNA EDUCACIÓN DE CALIDAD PARA UNA DEMOCRACIA PARTICIPATIVA 2019-10-11T14:24:17-03:00 Juan GARCÍA-RUBIO JuanGarcia-Rubio@uv.es <p>En este artículo se aborda la importancia de la educación para que cualquier país disfrute de una democracia verdaderamente participativa, que no consista únicamente en la emisión del voto ciudadano cada un cierto tiempo. Sin embargo, no nos sirve cualquier educación, se necesita una educación de calidad que ayude a comprender de una forma crítica y reflexiva nuestro mundo. Una educación de calidad con tres dimensiones clave que analizamos: equidad, pertinencia y relevancia. La escuela debe contribuir a transmitir entre los jóvenes valores esenciales en democracia como el diálogo, el acuerdo, la convivencia y el respeto a las opiniones opuestas. A su vez, una democracia participativa favorecerá la existencia de una educación de calidad que alcance a todos los ciudadanos, sin excepción. La educación y la democracia se necesitan mutuamente, y ambas se refuerzan</p> 2018-12-17T00:00:00-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/7625 AS AÇÕES DO SUPERVISOR DE ENSINO E A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES ALFABETIZADORES NO PROGRAMA “LER E ESCREVER” 2019-10-11T14:24:19-03:00 Alessandra David davidalessandra@uol.com.br Gisela Do Carmo Lourencetti giselalourencetti@gmail.com Marcia Suzana Pinto Zoccal aledmcosta@hotmail.com <p class="p1">Resumo: Este trabalho objetiva analisar as ações de formação continuada do supervisor de ensino no Programa Ler e Escrever da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo no HTPC - Horário de Trabalho Pedagógico Coletivo. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, bibliográfica e documental, com fundamentação em autores da perspectiva crítica. Após as análises verificou-se que os assuntos abordados nos documentos pesquisados se referem exclusivamente às orientações do Programa “Ler e Escrever” e não se cogitou incluir nessas reuniões outras concepções de trabalho pedagógico. Dessa forma, o que deveria ser formação continuada ministrada pelo supervisor de ensino, passa a ser apenas um treinamento, pois o professor é excluído do processo de reflexão e elaboração do currículo e se torna apenas um executor do que foi estabelecido em outras instâncias.</p> 2018-12-17T00:00:00-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/7597 ORÇAMENTO PARTICIPATIVO: UMA ANALISE DO QUE VEM SENDO PUBLICADO NO BRASIL 2019-10-11T14:24:19-03:00 Bruno Brettas Franco bbrettas@id.uff.br <p>O objetivo desse estudo é apresentar um cenário das publicações sobre o orçamento participativo, que surgiu no inicio dos anos de 1990 e deve uma nova versão nos anos 2000 com o incremento das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC). No que diz respeito a metodologia, trata-se de uma pesquisa bibliométrica, utilizando a base de dados <em>Scientific Electronic Library Online </em>(SciELO) e em seguida é realizada uma analise de conteúdo dos artigos encontrados, afim de identificar como o tema está sendo tratado no que no que tange a governança pública. Para levantamento da produção científica sobre a temática, os termos escolhidos foram: “<em>Orçamento participativo”.</em> A base escolhida apresenta como resultado de busca a totalidade de 46 artigos com o primeiro trabalho datando de 2009 até o dia 22/08/2014. É feita a analise ano a ano das publicações e verificou-se espaço para crescimento do tema pelo numero ainda baixo de publicações e a grande gama de possibilidades que o tema possibilita.&nbsp;</p> 2018-12-17T00:00:00-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/7531 DEMOCRACIA DIGITAL E PARTICIPAÇÃO CIDADÃ: UMA ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA 2019-10-11T14:24:20-03:00 Antonio João de Oliveira Vianna Junior viannajunior09@gmail.com Júlio César Andrade de Abreu jandrade0@gmail.com Weslei Jardim Batista wesleibatista.adm@gmail.com <p>Este artigo tem como objetivo construir o arcabouço teórico acerca da temática de participação cidadã, democracia digital ou eletrônica e ciberdemocracia. Levando em consideração que, segundo Head (2008), o processo formal de representação da democracia institucionalizada, na qual a&nbsp; sociedade é representada através de seus candidatos eleitos, já não é considerado suficiente em termos de participação popular aponta-se para uma necessidade natural de ampliação das formas de participação popular. Para atender o objetivo foi realizada uma análise bibliométrica sobre o que os pesquisadores da Área de Administração apontam acerca da temática supracitada no Brasil. A análise foi realizada através do levantamento dos artigos publicados nos eventos vinculados à ANPAD e nas bases de dados Spell e Scielo. O intervalo de tempo considerado para a realização da pesquisa foi do ano de 1997, ano base de início da base de dados ANPAD, até 2017. Como resultado, constatou-se uma pouca expressão nacional na quantidade artigos publicados , no entanto verifica-se um recente crescimento do interesse nas publicações da área estudada&nbsp; enfatizando seu potencial de exploração científica.&nbsp;</p> 2018-12-17T00:00:00-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/7512 A COOPERAÇÃO COMO MEIO DE COMERCIALIZAÇÃO DA PRODUÇÃO NOS ASSENTAMENTOS RURAIS: UMA ANÁLISE NO ASSENTAMENTO SANTA OLGA 2019-10-11T14:24:21-03:00 Fabiano Greter Moreira fabiano.gm12@hotmail.com Gabriel Moraes de Souza gabriellllsouzza@outlook.com <p>O presente estudo tem como objetivo analisar o processo de comercialização dos assentados que residem no assentamento Santa Olga, localizado no município de Nova Andradina, estado do Mato Grosso do Sul. Utilizou-se uma pesquisa de campo a partir de questionários aplicados aos assentados sócios da Coopaolga e, referenciais teóricos por meio de pesquisa bibliográfica, pertinentes à agricultura familiar, cooperativismo e meios de comercialização da produção. Foram estudados os avanços na agricultura desde os primórdios até a prática da agricultura familiar e a produção local e seu respectivo desenvolvimento e apoio ao produtor. Com base nas informações obtidas na cooperativa local e seus aliados, foi analisado a importância da agricultura familiar como fonte de renda e suas políticas públicas de utilidade como canal de comercialização. Os principais resultados evidenciaram a importância do cooperativismo nos assentamentos rurais, contribuindo de maneira exponencial à integração entre produtores e consumidores de produtos provenientes do campo.</p> 2018-12-17T00:00:00-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/8304 LEGISLACIÓN EN SALUD MENTAL Y ETNIA-RAZA 2019-10-11T14:24:18-03:00 Mónica Elizabeth Olaza López monicaolaza@hotmail.com Viviana Lorena CABRERA SANGUINETTI cuchota@gmail.com <p>El objetivo de este trabajo es presentar la incorporación del enfoque étnico?racial en las leyes de salud mental latinoamericanas. En el análisis documental se constató que a fines del siglo xx y principios del xxi comienzan, a nivel global y particularmente en América, los cambios de paradigma a nivel multidimensional y cultural; en esta línea, resurgen culturas que por mucho tiempo estuvieron «olvidadas». En 2005, lo étnico-racial toma mayor protagonismo dentro del Estado uruguayo, debido, en parte, a condiciones de salud desfavorables y a inequidades sociales de larga data: esto provocó cambios en los principios rectores de las políticas públicas. Dentro de estos principios se destacan la equidad, la promoción y la prevención: ellos se ven reflejados en las directivas de las leyes de salud mental analizadas. También se reconoce la importancia de no ser discriminados ni por tener un trastorno mental ni por el color de piel. De todas formas, consideramos que falta aún mucho camino por recorrer para fortalecer y mejorar aquellas políticas que buscan ser más igualitarias.</p> 2018-12-17T00:00:00-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/7524 O REFLORESTAMENTO DA MATA ATLÂNTICA BRASILEIRA: UM ESTUDO SOBRE AS RELAÇÕES DE PODER NA ÁREA AMBIENTAL 2019-10-11T14:24:21-03:00 João Paulo Leite Barbosa joaobarboa@hotmail.com Sonia Regina Vargas Mansano mansano@uel.br <p class="Resumo-Texto">Este artigo discute as relações de poder presentes nas políticas de reflorestamento de espécies nativas da Mata Atlântica no contexto brasileiro. Para tanto, o trabalho foi dividido em dois momentos: teórico e empírico. Na parte teórica, é realizada uma contextualização histórica das relações de poder presentes nas esferas  sociais, econômicas, políticas e ambientais que conduziram ao desmatamento da maior parte da Mata Atlântica brasileira. Em seguida, são descritos os principais debates sobre os problemas ambientais, levando-se em conta as transformações no Código Florestal brasileiro e os atores envolvidos na fiscalização e controle da degradação ambiental. Na parte empírica, são apresentados fragmentos de entrevista com um agente diretamente envolvido com a política ambiental que descreve as conquistas e desafios desse campo. Como resultado, salienta-se que a questão do reflorestamento em nosso país envolve relações de poder atravessadas por jogos estratégios de forças e interesses de diferentes tipos, o que torna esta problemática algo de difícil trato. </p> 2018-12-17T00:00:00-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/8357 RELAÇÕES DE GÊNERO E SEXUALIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: 2019-10-11T14:24:17-03:00 Valéria Pall ORIANI labeditorial@marilia.unesp.br Cláudio Rodrigues Silva silvanegrao@gmail.com <p>Trata-se de resenha de Tese de Doutorado em Educação, de autoria de Valéria Pall Oriani.</p> 2018-12-17T00:00:00-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/8677 EDITORIAL 2019-10-11T14:24:16-03:00 Neusa Maria Dal Ri neusamdr@terra.com.br <p>Apresentamos aos leitores e às leitoras o número 2, do volume 19 de ORG&amp;DEMO relativo ao ano de 2018.</p> 2018-12-17T00:00:00-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/7034 Motosserras e Máquinas no Maranhão pré-amazônico: Reestruturação produtiva e os trabalhadores do corte do eucalipto 2019-10-11T14:24:22-03:00 Jesus Marmanillo Pereira jesusmarmanillo@hotmail.com Adriano da Costa Carvalho adricarvalhosp296@gmail.com <p>Tendo como plano de fundo o processo de reestruturação produtiva na produção de eucalipto, o presente artigo visa discorrer sobre o processo de captura da subjetividade dos trabalhadores envolvidos na atividade de colheita deste vegetal no sudoeste maranhense. Para tanto, serão apresentadas as estratégias de reprodução adotadas pelas principais empresas do ramo de plantio e corte de eucalipto, e duas composições sociais de trabalhadores a partir das quais são analisadas algumas trajetórias e formas como ocorreram à formação e os engajamentos pessoais no trabalho de colheita de eucalipto. Enfim, partir do referido recorte, esse texto problematiza o processo de “captura” como algo que extrapola o espaço da operacionalização das máquinas e se manifesta nas relações presentes em outros domínios sociais.</p> <p>&nbsp;</p> 2018-11-09T11:54:17-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/8361 EDITORIAL 2019-10-11T14:24:23-03:00 Neusa Maria Dal Ri labeditorial@marilia.unesp.br <p>Apresentamos aos leitores e às leitoras o número 1, do volume 19 de ORG&amp;DEMO relativo ao ano de 2018, que está composto por sete artigos.</p> 2018-06-29T00:00:00-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo/article/view/7481 Trabalho Emancipado e Educação para além do capital na obra de István Mészáros 2019-10-11T14:24:23-03:00 Henrique Tahan Novaes hetanov@yahoo.com.br <p>No dia 1º de outubro de 2017 faleceu o intelectual István Mészáros, aos 87 anos, discípulo de Karl Marx e Gyorgy Lukács. Este artigo aborda o papel dos conselhos operários e da autogestão bem como a educação para além do capital na obra de István Mészáros. Acreditamos que a “coluna vertebral” da teoria de Mészáros é a crítica à alienação do trabalho e o papel da autogestão, isto é, de uma nova forma de controle social, na “transcendência positiva” do trabalho alienado.</p> 2018-06-29T00:00:00-03:00 ##submission.copyrightStatement##