A constituição das políticas sociais no Brasil

Palavras-chave: Políticas Sociais, Direitos, Análise de conjuntura.

Resumo

Tanto no Brasil quanto em nível mundial, vem acontecendo um amplo processo de redefinições globais das esferas política e social ao longo das últimas décadas. Este projeto envolve a criação de um espaço em que se torne impossível pensar o econômico, o político e o social fora das categorias que justificam o arranjo capitalista. A política praticada faz com que noções de igualdade e justiça social recuem no espaço e na discussão pública. O ensaio teórico em questão discute os conceitos basilares para se compreender a constituição das políticas sociais brasileiras. Assim, reflete sobre a realidade das políticas sociais, considerando seu vínculo direto, sobretudo, neste estudo, com a pobreza. As reflexões teóricas sinalizam que as políticas sociais são consideradas estratégias promovidas pelo poder político com o objetivo de desenvolver um determinado modelo social. Estas estratégias se compõem de planos, projetos e diretrizes específicas em cada área de ação social. Em termos, globais, integram as políticas ligadas à saúde, educação, habitação e previdência social. Finalmente, é possível destacar que cabe ao governo prover um conjunto de ações que cubram, reduzam ou previnam a pobreza e o aprofundamento da vulnerabilidade social.

Submetido em: 27/03/2020
Aceito em: 08/06/2020

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Egeslaine de NEZ, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

Publicado
2020-07-28
Seção
Artigos