O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), assegurar a avaliação pelos pares cega.

Diretrizes para Autores

Instruções aos Colaboradores
INFORMAÇÕES GERAIS

ATENÇÃO:

ORG & DEMO PUBLICA ARTIGOS DE NO MÁXIMO TRÊS AUTORES.
NÃO PUBLICA TEXTOS DE ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO.
OS ARTIGOS DEVEM SER ENCAMINHADOS COM RESUMOS E PALAVRAS-CHAVE EM PORTUGUÊS, INGLÊS E ESPANHOL.
OS ARTIGOS DEVEM APRESENTAR AS CITAÇÕES E REFERÊNCIAS DE ACORDO COM AS NORMAS DA REVISTA.

1. ORG & DEMO é uma publicação semestral do Grupo de Pesquisa Organizações e Democracia da Universidade Estadual Paulista (UNESP) e da Faculdade de Filosofia e Ciências, Campus de Marília. A Revista é destinada a promover a socialização do conhecimento e resultados de pesquisas de cientistas nacionais e internacionais. ORG & DEMO aceita trabalhos inéditos, sob forma de artigos, comunicações de pesquisas e também resenhas. Os trabalhos deverão ter interesse acadêmico e social.

2. Os artigos devem ser enviados eletronicamente pelo endereço: http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/orgdemo

3. Processo de avaliação pelos pares
A publicação dos trabalhos está condicionada a pareceres de colaboradores convidados, garantido o anonimato de autores e pareceristas no processo de avaliação.
Os trabalhos submetidos à ORG&DEMO serão avaliados por, no mínimo, dois pareceristas externos selecionados pela afinidade e/ou especialidade na temática do artigo.
Os pareceristas deverão apontar à editoria qualquer conflito de interesse que possa influenciar em sua avaliação e declarar-se não qualificado para a apreciação do artigo, se for o caso.
Os pareceristas poderão apresentar parecer favorável à publicação do artigo condicionado à reformulação do texto e apresentarem sugestões para a sua reformulação. Os trechos a serem reformulados deverão estar em destaque e com indicação das páginas. Após a reformulação, o texto deverá ter reavaliação do(s) parecerista(s).
Os pareceres deverão ser legíveis, apresentar uma avaliação crítica do texto e sua importância para a área temática.
Os pareceristas terão trinta dias corridos, a partir do recebimento do texto para avaliação, para apresentarem os pareceres. O prazo poderá ser prorrogado a critério da editoria.
4. Os artigos serão avaliados de acordo com os seguintes critérios: qualidade e rigor dos argumentos apresentados; validade dos dados apresentados; oportunidade e relevância do artigo para a discussão de problemas da sua área de pesquisa; atualidade e adequação das referências contidas no trabalho.


NORMAS TÉCNICAS E PREPARAÇÃO DOS ORIGINAIS

5. Os trabalhos deverão ser redigidos em português ou espanhol. O título, o resumo (de 100 a 200 palavras) e as palavras–chave (até cinco) que precedem o texto devem ser escritos no idioma do artigo, os que sucedem o texto, necessariamente em inglês (Title/Abstract/Keywords), em espanhol (Título/Resúmen/Palabras claves) e português. Todos os artigos deverão apresentar os resumos, títulos e palavras-chave em português, espanhol e em inglês.
6. O trabalho deve conter o(s) nome(s) do autor(es/as) apenas na capa. A capa deve conter as seguintes informações: autoria, filiação institucional, qualificação acadêmica, endereço completo (cidade, estado e país), telefone e endereço eletrônico. Os artigos serão remetidos para pareceristas. Após sua avaliação, será encaminhada ao autor(a) uma resposta de aceitação, possíveis sugestões de modificações ou recusa do artigo.
7. Os textos deverão ser escritos em fonte Times New Roman, corpo 12, recuo de início de parágrafo, justificado, espaço 1,5.
8. Os artigos deverão ter no mínimo 15 laudas e no máximo 25 laudas, as resenhas e comentários de livros, no máximo 8 laudas.
9. Para citações bibliográficas de literatura no texto usar o sistema autor-data. As citações literais curtas (menos de três linhas) serão integradas no parágrafo, com aspas e seguidas pelo sobrenome do autor referido no texto, ano de publicação e página (s) do texto citado, tudo entre parênteses e separado por vírgulas. As citações de mais de três linhas serão destacadas do texto em parágrafo especial e indentadas (quatro espaços à direita da margem esquerda) sem aspas e fonte 10. As referências sem citação literal devem ser incorporadas no texto, indicando entre parênteses, ao final, o sobrenome do autor e o ano da publicação. Ex. (GRAMSCI, 1989). As palavras estrangeiras devem ser grafadas em itálico e sem aspas.
Utilizar aspas apenas para citações com menos de três linhas.
10. As notas devem ser reduzidas ao mínimo necessário e serão numeradas consecutivamente dentro do texto e colocadas ao pé da página.
11. Desenhos, gráficos, mapas, tabelas, quadros e fotografias, devem conter título e fonte e estar numerados. Deverão, ainda, estar em condições tais que permitam a reprodução e impressão fidedignas e de qualidade.
12. Os textos deverão ser enviados à Revista, após passarem por rigorosa revisão.
13. A Revista não assume responsabilidade por conceitos emitidos pelos autores e pela exatidão das referências bibliográficas utilizadas. O envio espontâneo de qualquer colaboração implica automaticamente a cessão integral dos direitos autorais ao Grupo de Pesquisa Organizações e Democracia da UNESP.
14. É vedada a reprodução dos trabalhos em outras publicações ou sua tradução para outro idioma sem a autorização do Conselho Editorial.
15. As referências deverão ser incluídas ao final do trabalho, em ordem alfabética e obedecendo as normas da Revista, de acordo com os exemplos:

a) LIVROS
FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. 3. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1971. (Série Ecumenismo e Humanismo, 5).
GRAMSCI, A. Maquiavel, a política e o estado moderno. 7. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1989.
PISTRAK, M. M. Fundamentos da escola do trabalho. São Paulo: Expressão Popular, 2002.
THERBORN, G. Ciencia, clase y sociedad. Sobre la formación de la sociología y del materialismo histórico. Madrid: Siglo Veintiuno, 1980.

b) CAPÍTULO DE LIVRO
SINGER, P. A recente ressurreição da economia solidária no Brasil. In: SANTOS, B. S. (org.). Produzir para viver. Os caminhos da produção não capitalista. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002. Cap. 1, p. 81-130.

c) ARTIGO DE PERIÓDICO
BRETONES, F. D. Desempleo y cooperativismo. Revista de Economía Pública, Social y Cooperativa. Valéncia, n. 35, p. 161-175, ago., 2000.
FISCHER, J. Poder local: um tema em análise. Revista Administração Pública. Rio de Janeiro, v. 26, p.105 -113, out./dez., 1992.

d) COLETÂNEA
APPLE, M.; BEANE, J. (orgs.) Escolas democráticas. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

e) MONOGRAFIAS – Dissertações e Teses Acadêmicas
COSTA, C. M. A educação de jovens e adultos trabalhadores sem terra: a experiência do curso de magistério. 1999. 221 f. Dissertação. (Mestrado em Educação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Campus de Marília, Marília.

f) ORGANIZAÇÕES E ENTIDADES
UNITED NATIONS CONFERENCES ON TRADE AND DEVELOPMENT. Informe sobre el comercio y el desarrollo. Nueva York: Ginebra: UNCTAD: Naciones Unidas, 2003.

g) VERBETES
PISTONE, Sérgio. Bonapartismo. In: BOBBIO, Norberto; MATTEUCCI, Nicola; PASQUINO, Gianfranco. Dicionário de política. Brasília, DF: Ed. da Universidade de Brasília, 1986. p. 118-119.

h) INFORMAÇÃO OU TEXTO OBTIDO NA INTERNET

INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA. Conheça o IBICT. Brasília. 1997. Disponível em: <http://www.ibict.br/ibict/frame.htm>. Acesso em: 01 out. 1997.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.