VITIMIZAÇÃO CRIMINAL E STATUS SOCIAL EM MOÇAMBIQUE

REAÇÕES SOCIAIS E PROCESSOS DE GESTÃO DA SEGURANÇA PÚBLICA EM RELAÇÃO AOS SEQUESTROS EXTORSIVOS

  • Bebito Manuel Alberto Universidade Federal da Bahia

Resumo

Este artigo reconstrói e analisa as principais reações sociais em relação aos casos de sequestros, que foram sistematicamente registados nas principais cidades do país, especialmente nas cidades de Maputo e Matola entre os anos de 2011 e 2013. É uma experiência única observada em o país, que tinha duas dimensões. Primeiro, não há registros históricos conhecidos da ocorrência desse tipo de crime na mesma proporção observada entre os anos mencionados acima. Em segundo lugar, as reações sociais produzidas na mídia, na sociedade civil e no sistema de justiça criminal contra o fenômeno não são comuns no país, uma vez que qualquer tipo de crime gerou uma enorme sensibilidade que gerou reações de igual tamanho.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-11-30
Seção
Segurança Pública, Direito e Justiça