REPRESENTAÇÕES SOCIAIS ACERCA DA VIOLÊNCIA URBANA EM UMA UNIDADE ESCOLAR DO MUNICÍPIO DE BELFORD ROXO

PERIFERIA E RACISMO

  • Luciano Luz GONZAGA
  • Denise LANNES
Palavras-chave: Representações Sociais; Violência urbana; Periferia; Adolescentes; Feminicídio; Estupro

Resumo

Dados oficiais afirmam que jovens moradores de periferia são desproporcionalmente afetados pela violência e que jovens negros têm 2,5 mais chances de serem mortos quando comparados a jovens brancos. Assim, este artigo focaliza uma pesquisa que teve por objetivo identificar as representações sociais acerca da violência urbana entre estudantes não brancos que vivem em áreas dominadas por forças paramilitares. Optou-se pela abordagem estrutural das representações sociais, a Teoria do Núcleo Central proposta por Jean Claude Abric. Os resultados apontaram que o estupro é o principal delito, com forte associação ao homicídio seguido de morte (latrocínio), agressão física, assédio e feminicídio de mulheres negras.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-06-30
Seção
Artigos