O SUJEITO, A VERDADE E A CRÍTICA AO PENSAMENTO MODERNO

  • Márcio José Silva LIMA (UFPB-UFPE-UFRN)

Resumo

O presente trabalho visa discutir a constituição do eu-sujeito fundado na Modernidade a partir do pensamento cartesiano, bem como a sua crítica e suas implicações no conceito de verdade. Para tanto, como elemento instigante na reflexão sobre o tema, apresentaremos a análise de Heidegger acerca da sentença de Protágoras em que profere o homem como medida de todas as coisas. Abordaremos também a crítica nietzschiana ao eu-sujeito fundamentada por ele nas obras A Genealogia da Moral, Além do Bem e do Mal e nos aforismos publicados na obra A Vontade de Poder. Em seguida teceremos considerações acerca do conceito de verdade que na Modernidade tornou-se sinônimo de comprovação científica.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-03-14
Seção
Artigos