GENEALOGIA DE UM SILÊNCIO: RESISTÊNCIAS E PÓS-MODERNIDADE

  • Davis Moreira ALVIM (IFES)
  • Izabel Rizzi MAÇÃO (UFES)

Resumo

Propõe-se uma genealogia do debate sobre a pós-modernidade do ponto vista das resistências, com enfoque nas perspectivas de Jean-François Lyotard, Jürgen Habermas e Fredric Jameson. Em que medida os debates sobre a condição pós-moderna silenciaram o problema das resistências? Como é possível compreender a pós-modernidade, relacionando-a às lutas e resistências do contemporâneo? São as perguntas que se busca responder especialmente a partir das ideias de Michael Hardt e Antonio Negri, apontando as resistências como forças a priori, capazes de transformações ativas

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-03-14
Seção
Artigos