ERA O ALIENISTA UM ALIENADO?: A DISSOLUÇÃO DO LIMITE ENTRE A LOUCURA E A SANIDADE NA OBRA O ALIENISTA DE MACHADO DE ASSIS A PARTIR DA PERSPECTIVA NIETZSCHIANA SOBRE A MORAL

  • Marco Antonio Sabatini RIBEIRO (UNIFESP)
Palavras-chave: Moral. Loucura. Sanidade.

Resumo

Analisarei o método científico da personagem Simão Bacamarte do livro O Alienista de Machado de Assis a partir do pensamento de Nietzsche sobre a moral. Percebo que os estudos comportamentais do protagonista da obra machadiana são semelhantes durante o desenrolar de toda sua história: o que se modifica gradualmente é a intensidade classificatória entre o “certo” e o “errado” através da relativização e do detalhamento dos costumes do louco e
do são. Os estudos psicológicos de Bacamarte se baseiam em suas próprias concepções morais permitindo a aproximação filosófica com os textos nietzschianos que estudam a moral cuja “fundamentação” científica a transforma em um discurso normativo. No entanto, a intensificação desse discurso revela que o “certo” e o “errado” procuram abarcar as (des)semelhanças idiossincráticas enquanto método de avaliação comportamental – sem levar em conta que o seu julgamento é apenas uma interpretação, entre muitas, da existência. Dessa forma, a hipótese é a de que, quando levada ao extremo, a delimitação entre a loucura e a sanidade dissolve o seu próprio limite, pois a peculiaridade presente em cada pessoa representa
um conjunto único de vivências e costumes que impossibilitam a comparação entre o certo e o errado, o são e o louco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Antonio Sabatini RIBEIRO (UNIFESP)

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Publicado
2014-12-19
Seção
Artigos