CONSIDERAÇÕES SOBRE O CONCEITO DE INTENCIONALIDADE EM EDMUND HUSSERL

  • Jesuino Junior PIRES (PUC-SP)
Palavras-chave: Intencionalidade. Fenomenologia. Edmund Husserl.

Resumo

O presente artigo apresenta um estudo sobre o conceito de intencionalidade da
consciência de Edmund Husserl, compreendido dentro do contexto da fenomenologia. Para bem compreendermos este conceito buscamos primeiramente uma abordagem (contextualização) histórica da trajetória intelectual de Husserl, a fim de buscar as origens do pensamento husserliano, no que diz respeito ao tema da intencionalidade e as influencias que este recebeu de seus contemporâneos. A parte final do texto foi construída a partir de especificações de uma obra de Husserl: Ideias para uma fenomenologia pura e para uma filosofia fenomenológica, publicada em 1913, sendo uma importante obra no pensamento do filósofo. Esta pesquisa se caracteriza como uma pesquisa bibliográfica e tem como ponto de partida a obra de Edmund Husserl, assim como o estudo de alguns comentadores. Os procedimentos são de níveis teóricos, voltados à análise e reflexões do ponto de vista filosófico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jesuino Junior PIRES (PUC-SP)

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Publicado
2014-12-18
Seção
Artigos