http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/educacaoemrevista/issue/feed Educação em Revista 2019-10-10T10:38:46-03:00 Educação em Revista educacaoemrevista.marilia@unesp.br Open Journal Systems <p><strong>Educação em Revista</strong>&nbsp;é organizada sob a responsabilidade dos docentes do&nbsp;Departamento de Administração e Supervisão Escolar (DASE) da Universidade Estadual Paulista - Unesp, campus de Marília, e de seus editores na universidade. É destinada à veiculação de trabalhos inéditos, na forma de artigos, resenhas e relatos de experiências, visando assim à difusão de conhecimentos científicos, resultados de pesquisas produzidas em universidades, centros e grupos de pesquisa.&nbsp; ISSN online&nbsp;2236-5192&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp; ISSN impresso 1518-7926</p> http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/educacaoemrevista/article/view/9241 EDITORIAL 2019-09-10T12:01:18-03:00 Emery Marques Gusmão emery.marilia@unesp.br Ana Clara Bortoleto Nery ana-clara.nery@unesp.br <p>A Educação em Revista tem o prazer de publicar o número 2, volume 20 que apresenta ao leitor sete artigos na área da Educação com diferentes enfoques</p> 2019-09-05T13:50:46-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/educacaoemrevista/article/view/8999 A evasão escolar nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia: uma análise dos planos estratégicos de permanência e êxito. 2019-10-10T10:16:03-03:00 João Oliveira Ramos Neto joaooliveiraramosneto@gmail.com <p>Este artigo trata da evasão escolar no ensino técnico-profissionalizante e é resultado de uma pesquisa de estágio pós-doutoral que teve como objeto de estudo os planos estratégicos de permanência e êxito dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Na primeira parte, são definidos e apresentados os planos estratégicos. Na segunda parte, eles são analisados em debate com a bibliografia. Por fim, são apresentadas algumas conclusões. A principal conclusão foi que nenhum plano estratégico de permanência e êxito questionou o projeto pedagógico dos institutos federais, sempre exaltado na literatura pelas inovações que se propôs, ainda que os altos números de evasão demonstrem que essa idealização não esteja condizendo com a realidade.</p> <p>Recebido em: 10/06/2019<br>Aceito em: 18/07/2019</p> 2019-09-05T13:52:02-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/educacaoemrevista/article/view/8885 As práticas de letramento de crianças e adolescentes da biblioteca comunitária amigos da leitura 2019-10-10T10:23:36-03:00 Jannine da Silva Rodrigues jannine.silva@outlook.com Telma Ferraz Leal telmaferrazleal36@gmail.com <p>Neste artigo objetivamos analisar as práticas de mediação de leitura realizadas em uma biblioteca comunitária, investigando as estratégias de formação de leitores desenvolvidas<strong>.</strong> A Metodologia constou de um mapeamento das atividades de mediação de leitura realizadas na biblioteca, observações sistemáticas e entrevistas com mediadores de leitura e gestor da biblioteca. Diferentes atividades eram desenvolvidas na biblioteca: organização da biblioteca e planejamento das atividades; atividades que promovem a leitura de textos literários; outras atividades que não envolvem leitura de obras literárias. A principal ação identificada foi a de mediação de leitura, que consiste na participação e envolvimento da comunidade nas ações realizadas pela biblioteca de maneira criativa e prazerosa.</p> <p>Recebido em: 25/04/2019<br>Aceito em: 18/07/2019</p> 2019-09-05T13:53:26-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/educacaoemrevista/article/view/8457 Base Nacional Comum Curricular: um olhar sobre a ação docente, sua formação e o ensino da língua materna 2019-10-10T10:26:19-03:00 Andréa Ramos de Oliveira andrearamos_os@hotmail.com Ana Luzia Videira Parisotto analu.videira@uol.com.br Rozana Aparecida Lopes Messias rozanalm@gmail.com <p>O presente trabalho objetiva refletir sobre as intersecções entre formação de professores da Educação Básica, ensino de língua materna e implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Entendido o enfoque do documento na Pedagogia das Competências, discutem-se concepções de poder a partir das contribuições de Foucault e de como interessa aos que detêm o poder manter a sociedade numa condição de alfabetismo funcional, sem que sejam desenvolvidas capacidades críticas na maioria, perpetuando-se uma educação incapaz de promover a emancipação desses sujeitos, condicionados a um estado de submissão aos interesses da minoria. As discussões e análises neste texto, construídas por meio de pesquisa documental e revisão bibliográfica, são resultado de debates fomentados em reuniões do Grupo de Pesquisa “Formação de Professores e Práticas de Ensino na Educação Básica e Superior” do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP-Presidente Prudente). Acredita-se que a BNCC não garante a qualidade educacional e, mesmo imposta, abre perspectivas de mudança na cultura escolar. Aqueles professores que fizerem uma leitura crítica do documento entenderão a necessidade da formação de sujeitos que atuem socialmente para superar a lógica imposta.</p> <p>Recebido em: 13/12/2018<br>Aprovado em: 20/07/2019</p> 2019-09-05T13:58:53-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/educacaoemrevista/article/view/8890 Possibilidades da formação superior indígena a distância no instituto INSIKIRAN/UFRR: a lingua indígena em foco 2019-10-10T10:30:01-03:00 Leila Adriana Baptaglin leila.baptaglin@ufrr.br Paulo Fernando de Lucena Borges Ferreira prof.lucenaferreira@gmail.com <p>Este estudo tem por interesse compreender a necessidade da criação de Cursos Superiores de Língua Indígena à distância no Instituto Insikiran/UFRR. Visando adentrar em discussões teóricas que possibilitem melhor compreensão deste cenário buscamos trabalhar com estudos de Baniwa (2010), Bobbio (1992), Canclini (2004), Cavalcanti e César (2007), Fernandes (2008), Freitas (2003) e Meliá (1999), Maher (2007), McLAREN (2000). Para sistematização dos dados buscamos trazer, além das proposições teóricas uma pesquisa de campo com narrativas de professores do Insikiran/UFRR nas quais foi possível identificar proposições referente a Formação Superior Multicultural em&nbsp;Roraima; as necessidades formativas da Educação Superior Indígena em Roraima e a Formação superior de língua indígena a distância. Proposições estas que sinalizam para a importância do trabalho do Insikiran/UFRR e para as possibilidades a serem estruturadas para a concretização de propostas de Formação Superior em Língua indígena à distância.</p> <p>Recebido em: 26/04/2019.<br>Aceito em: 26/06/2019.</p> 2019-09-05T14:03:15-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/educacaoemrevista/article/view/8956 Horace Lane, a comitiva paulista e a exposição internacional de educação em Saint Louis em 1904 2019-10-10T10:35:02-03:00 José Veloso dos Santos velosotupa@hotmail.com Ana Clara Bortoleto Nery neryanaclara@gmail.com <p>Em 1904, o Centro do Professorado Paulista em parceria com o Senado Estadual e a escola Americana, selecionou e enviou uma comitiva para a Exposição Internacional de Educação que aconteceu na cidade de Saint Louis nos Estados Unidos da América. O objetivo do presente artigo é considerar o papel desempenhado por Horace Lane no aporte à formação da comitiva da instrução pública paulista para a Exposição de Saint Louis. Amparamos essa análise dialogando em torno dos agentes, suas práticas e suas apropriações no intuito de uma melhor compreensão do contexto escolar paulista no final do século XIX e início do século XX. As fontes utilizadas se constituem da seleção de documentos primários do protagonista, pesquisa histórica e revisão bibliográfica. A partir da discussão realizada conclui-se que embasados na ação de Horace Lane, as lideranças paulistas decidem enviar uma comitiva para Saint Louis a fim de observar os procedimentos metodológicos e adquirir material pedagógico em voga nos Estados Unidos e Europa para viabilizar a introdução dos mesmos na instrução pública paulista.</p> <p>Recebido em: 13/05/2019 <br>Aceito em: 22/07/2019</p> 2019-09-05T00:00:00-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/educacaoemrevista/article/view/9060 Formação continuada de professoras/es: entre práticas e narrativas 2019-10-10T10:37:03-03:00 Letícia de Oliveira Castro leticiadeoliveiracastro@gmail.com Heloisa Raimunda Herneck hherneck@ufv.br <p>Este artigo traz um recorte da dissertação “Formação continuada: tecendo redes e construindo possibilidades com os cotidianos escolares” que teve como objetivo principal pesquisar os processos de formação continuada que são tecidos nos cotidianos escolares. Para isso, buscou-se acompanhar as composições cotidianas das/os docentes, procurando frestas para tentar compreender como a formação docente se constitui no cotidiano escolar. A pesquisa foi realizada em parceria com um grupo de professoras/es, de uma escola pública da Rede Municipal de Venda Nova do Imigrante – ES. &nbsp;Neste recorte, apresentaremos os resultados produzidos a partir das composições com professor de Artes na construção do trabalho docente. &nbsp;A formação inventiva é evidenciada sobre o olhar de Virgínia Kastrup e a discussão sobre a experiência em Jorge Larrosa. &nbsp;A entrevista com o referido professor nos ajuda a entender as questões de investigação “Como as/os professoras/es experienciam a formação continuada no cotidiano escolar? Onde elas/eles buscam apoio para aprender a ensinar?”. Assim, os resultados evidenciaram a formação continuada sendo produzida com/no espaço escolar pelas/os docentes em seus momentos cotidianos.</p> <p>Recebido em: 02/07/2019<br>Aceito em: 29/07/2019</p> 2019-09-05T14:08:31-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/educacaoemrevista/article/view/9003 A metodologia do programa a união faz a vida: o protagonismo na primeira infância 2019-10-10T10:38:46-03:00 Sergio Vale da Paixão sergiovpaixao@hotmail.com Raquel Karpinski raquelk@faccat.br <p>Inúmeras são as iniciativas metodológicas na educação infantil para se trabalhar os conteúdos com as crianças. O termo “projeto”, no contexto da educação para a primeira infância, tem sido bastante utilizado pelos educadores, porém com inúmeros formatos. O objetivo desse artigo é o de apresentar uma metodologia utilizada em um programa de responsabilidade social de uma cooperativa de crédito que se utiliza da pedagogia ativa, via metodologia de projetos, para fortalecer a formação continuada de educadores nas escolas do Brasil. No Programa “A União Faz A Vida”, como é conhecido nacionalmente, os projetos desenvolvidos pelas crianças e adolescentes, em conjunto com os demais agentes do Programa, têm na sua essência a construção e vivências de atitudes e valores de cooperação e cidadania. Nossa proposta é de problematizar a metodologia, que tem sido realizada ao longo dos anos com maior presença no ensino fundamental, aproximando-a ao contexto da educação infantil possibilitando uma releitura metodológica.</p> <p>Recebido em: 13/06/2019<br>Aceito em: 26/07/2019</p> 2019-09-05T14:11:32-03:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/educacaoemrevista/article/view/9242 Normas para publicação 2019-09-10T12:01:19-03:00 Comissão Editorial educacaoemrevista@marilia.unesp.br <p>Educação em Revista&nbsp;possui periodicidade semestral, com circulação nacional e internacional e tiragem de 300 exemplares. Além de sua publicação em papel, está disponível on-line. Organizada sob a responsabilidade dos docentes do&nbsp;Departamento de Administração e Supervisão Escolar (DASE) da Universidade Estadual Paulista - Unesp, campus de Marília, e de seus editores na universidade, é destinada à veiculação de trabalhos inéditos, na forma de artigos, resenhas e relatos de experiências, visando assim à difusão de conhecimentos científicos, resultados de pesquisas produzidas em universidades, centros e grupos de pesquisa.</p> 2019-09-05T14:18:17-03:00 ##submission.copyrightStatement##