Formação continuada de professoras/es: entre práticas e narrativas

Palavras-chave: Formação continuada, Cotidianos escolares, Formação inventiva.

Resumo

Este artigo traz um recorte da dissertação “Formação continuada: tecendo redes e construindo possibilidades com os cotidianos escolares” que teve como objetivo principal pesquisar os processos de formação continuada que são tecidos nos cotidianos escolares. Para isso, buscou-se acompanhar as composições cotidianas das/os docentes, procurando frestas para tentar compreender como a formação docente se constitui no cotidiano escolar. A pesquisa foi realizada em parceria com um grupo de professoras/es, de uma escola pública da Rede Municipal de Venda Nova do Imigrante – ES.  Neste recorte, apresentaremos os resultados produzidos a partir das composições com professor de Artes na construção do trabalho docente.  A formação inventiva é evidenciada sobre o olhar de Virgínia Kastrup e a discussão sobre a experiência em Jorge Larrosa.  A entrevista com o referido professor nos ajuda a entender as questões de investigação “Como as/os professoras/es experienciam a formação continuada no cotidiano escolar? Onde elas/eles buscam apoio para aprender a ensinar?”. Assim, os resultados evidenciaram a formação continuada sendo produzida com/no espaço escolar pelas/os docentes em seus momentos cotidianos.

Recebido em: 02/07/2019
Aceito em: 29/07/2019

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Heloisa Raimunda Herneck, Universidade Federal de Viçosa (UFV)

Professor Adjunto III – Departamento de Educação da UFV. Graduação em Pedagogia, 1992, UFV; Mestrado em Educação, 2002, UFSCar; Doutorado em Educação, 2007, UFSCar.

Publicado
2019-09-05
Seção
Artigos