A Concepção de Gestão na Formação Escola de Gestores da Educação Básica do MEC: uma análise do programa

  • Tania da Costa Fernandes Universidade Estadual de Londrina - UEL/PR
  • Juliana Utrera França Universidade Estadual de Londrina - UEL/PR
Palavras-chave: Gestão Escolar, Programa Escola de Gestores, Neoliberalismo

Resumo

Resultante de uma pesquisa bibliográfica e documental e pautado numa abordagem crítica materialista, este artigo tem como objetivo apresentar aspectos gerais que caracterizam o curso de especialização em gestão escolar, oferecido pelo Ministério da Educação, no Programa Escola de Gestores da Educação Básica, problematizando sua concepção de gestão. Como resultado da análise, verifica-se que as diretrizes do curso se ancoram, sobretudo, numa concepção neoliberal, com destaque para a gestão gerencialista, que se justifica necessária para corresponder às novas demandas para a educação. Contudo, ao considerar que esta concepção gerencialista se opõe aos princípios da gestão democrática – garantida na Constituição Federal (1988) e na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN), 1996 – e, por isso, reduz a formação continuada de gestores escolares aos ditames da competitividade, produtividade e meritocracia, o artigo busca colaborar para a reflexão de educadores e gestores quanto às potencialidades e fragilidades de uma formação conforme o perfil definido no programa escola de gestores da educação básica.

Recebido em: 16/02/2018.
Aprovado em: 13/06/2019.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tania da Costa Fernandes, Universidade Estadual de Londrina - UEL/PR
Doutora em Educação pela PUC/SP.  Docente e Pesquisadora do Departamento de Educação e do Programa de Pós-Graduação – Mestrado em Educação. Área de Políticas e Gestão da Educação. Centro de Educação, Comunicação e Artes- CECA. Universidade Estadual de Londrina – UEL/PR.  Coordenadora de curso de graduação em Pedagogia e pós-graduação lato sensu em Gestão Escolar. Orientadora de projetos de pesquisa e extensão. Orientadora de estágio supervisionado. Avaliadora institucional e de cursos do Ministério de Educação (INEP/MEC). Avaliadora de cursos no Sistema Estadual de Educação do Paraná. Líder do Grupo de Pesquisa/CNPQ- Políticas Públicas, Currículo, Gestão e Sociedade. Coordenadora do Projeto de Pesquisa-Políticas de Gestão na Educação Superior: um estudo sobre a legislação e os órgãos de gestão e colegiados superiores. Coordenadora do Programa de Estudos Complementares em Currículo e Gestão da Educação (PROEGE).
Juliana Utrera França, Universidade Estadual de Londrina - UEL/PR
Pedagoga pela UEL/PR. Pós graduanda na Especialização em Docência no Ensino Superior pela UEL/PR. Professora da Educação Básica.
Publicado
2019-06-28
Seção
Artigos