Brazilian Journal of Information Science: Research Trends http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis <p>O Brazilian Journal of Information Science: Research Trends (BRAJIS) -- ISSN 1981-1640 -&nbsp; é uma revista científica de acesso aberto com periodicidade trimestral, publicada pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho"- UNESP, campus de Marília-SP.&nbsp;&nbsp;Tem como público-alvo pesquisadores, professores, profissionais e estudantes da Ciência da Informação e suas subáreas.&nbsp;</p> <p>O Brazilian Journal of Information Science: research trends (BRAJIS) iniciou sua publicação com o v.0, n.0, de junho/dezembro de 2006.&nbsp;</p> <p>Os textos submetidos para publicação devem ser textos originais, no formato de artigo contendo resultados de pesquisa científica na área de Ciência da Informação, incluindo Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia. O texto pode estar escrito em português, inglês ou espanhol.&nbsp;</p> <p>A revista possui uma política de avaliação no sistema "blind review", e cada texto será encaminhado para avaliação por pelo menos dois <em>referees</em>.</p> <p>BRAJIS adota o modelo de acesso aberto, não há cobrança de taxas de submissão ou avaliação (APC).</p> <p><a href="http://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/" rel="license"><img src="http://i.creativecommons.org/l/by-sa/4.0/88x31.png" alt="Creative Commons License"></a><br>Os artigos são licenciados sob&nbsp; <a href="http://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/" rel="license">Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License</a>.&nbsp;</p> pt-BR <p><span style="font-family: Verdana;"><span style="font-size: small;">Ao&nbsp;submeter um artigo&nbsp;os autores mantêm os direitos autorais do mesmo, cedendo à Revista Brazilian Journal of Information Science plenos direitos para publicação do referido texto.&nbsp;</span></span></p> <p><span style="font-family: Verdana;"><span style="font-size: small;">O (s) autor (es) concorda(m) que o artigo, se aceito editorialmente para publicação, deve ser licenciado sob a licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International (CC BY-SA 4.0) (http://creativecommons.org/licenses/by-sa /4.0) Os leitores / usuários são livres para: - Compartilhar - copiar e redistribuir o material em qualquer meio ou formato - Adaptar - remixar, transformar e desenvolver o material para qualquer finalidade, mesmo comercialmente. O licenciante não pode revogar essas liberdades desde que você siga os termos da licença. Sob os seguintes termos: - Atribuição - Você deve dar o crédito apropriado, fornecer um link para a licença e indicar se foram feitas alterações. Você pode fazê-lo de qualquer maneira razoável, mas não de maneira que sugira que o licenciante endossa você ou seu uso. - ShareAlike - Se você remixar, transformar ou desenvolver o material, deverá distribuir suas contribuições sob a mesma licença que o original. Sem restrições adicionais - Você não pode aplicar termos legais ou medidas tecnológicas que restrinjam legalmente outras pessoas a fazer o que a licença permitir. Avisos: - Você não precisa cumprir a licença para elementos do material em domínio público ou nos casos em que seu uso é permitido por uma exceção ou limitação aplicável. - Não há garantias. A licença pode não fornecer todas as permissões necessárias para o uso pretendido. Por exemplo, outros direitos, como publicidade, privacidade ou direitos morais, podem limitar a maneira como você usa o material.</span></span></p> <p><a href="http://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/" rel="license"><img src="http://i.creativecommons.org/l/by-sa/4.0/88x31.png" alt="Creative Commons License"></a>&nbsp;<a href="http://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/" rel="license">Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License</a></p> brajis.marilia@unesp.br (Helen de Castro S. Casarin) labeditorial.marilia@unesp.br (Gláucio Rogério de Morais) Tue, 30 Jun 2020 16:23:15 -0300 OJS 3.1.1.2 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Editorial http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/10498 <p>-</p> Editor BRAJIS ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/10498 Wed, 01 Jul 2020 10:04:26 -0300 Rage against the machine learning http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/9934 <p class="BJAbstracttext"><span lang="EN-US">Before being an exaltation to Luddites (the English workers from the 19th century who actually destroyed textile machinery as a form of protest) or to some sort of technophobic movement, the provocative pun contained in the title of this article carries a methodological proposal, in the field of critical theory of information, to build a diagnosis about the algorithmic filtering of information, which reveals itself to be a structural characteristic of the new regime of information that brings challenges to human emancipation. Our analysis starts from the concept of mediation to problematize the belief, widespread in much of contemporary society, that the use of machine learning and deep learning techniques for algorithmic filtering of big data will provide answers and solutions to all our questions and problems. We will argue that the algorithmic mediation of information on the internet, which is responsible for deciding which information we will have access to and which will remain invisible, is operated according to the economic interests of the companies that control the platforms we visit on the internet, acting as obstacle to the prospects of informational diversity and autonomy that are fundamental in free and democratic societies.</span></p> Arthur Coelho Bezerra, Marco Antônio de Almeida ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/9934 Tue, 30 Jun 2020 15:48:00 -0300 O uso dos blogs de ciência no campo da Ciência da Informação no Brasil e seus papéis na cultura científica http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/10291 <p>As Tecnologias da Informação e Comunicação reconfiguraram as formas de se produzir, comunicar e divulgar a ciência. Nesse contexto, assume-se que, no âmbito da Web 2.0, os blogs de ciência podem ser uma ferramenta no cumprimento desses papéis. Dessa forma, o objetivo desse trabalho é caracterizar os blogs de ciência no campo da Ciência da Informação brasileira, buscando apresentar a configuração da dinâmica temporal no âmbito da disseminação e divulgação científica. Trata-se de um estudo qualiquantitativo, exploratório, que se utiliza do levantamento como método de coleta dos blogs existentes, por meio de busca no blog “De Olho na CI” e no site da Faculdade de Informação e Comunicação da Universidade Federal de Goiás.&nbsp;Conclui-se que a dinâmica temporal do uso dos blogs na Ciência da informação no Brasil não pode ser dissociada de uma mudança de formato trazida pela Web 2.0, que introduziu as redes sociais e as redes sociais acadêmicas e que ambas não cumprem completamente o papel proposto pela espiral da cultura científica.</p> Karen Isabelle Santos-d'Amorim, Rúbia Wanessa dos Reis Cruz, Anna Elizabeth Galvão Coutinho Correia ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/10291 Tue, 30 Jun 2020 00:00:00 -0300 Mediação da informação no esporte http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/9732 <p>Apresenta os resultados de pesquisa que teve como objetivo analisar a atuação de treinadores de atletas de futebol, a fim de compreender como a mediação da informação interfere nos sistemas de jogos propostos por esses profissionais. A investigação empreendida se caracteriza como de cunho exploratório e está pautada nos pressupostos metodológicos da abordagem qualitativa. Para a coleta dos dados utilizou-se a entrevista, uma vez que essa técnica proporciona interação com os sujeitos da pesquisa. Os dados coletados foram analisados pela técnica de análise de conteúdo com estabelecimento de duas categorias: a atuação de treinadores de equipes de futebol e mediação da informação no sistema de jogo. Os resultados demonstraram que os treinadores, por meio de experiências e vivências no esporte e dos repertórios de conhecimento, podem atuar como mediadores junto aos atletas de futebol e que a mediação interfere nos sistemas de jogos propostos pelos treinadores, pois as interações entre treinador e atleta, bem como as informações trocadas por meio dessas interações, desenvolvem a capacidade de adaptação do atleta ao sistema de jogo, bem como ajuda-os a melhorar seu desempenho nas partidas de futebol. Conclui-se que esses treinadores fomentam o aprendizado dos atletas utilizando o auxílio da comissão técnica para otimizar sua atuação junto aos jogadores e para criar um ambiente de constante troca de informações e experiências dentro da equipe. O bibliotecário, nesse contexto, poderia ser um diferencial na área esportiva ao auxiliar treinadores de futebol no trabalho de mediação das informações táticas junto aos atletas.</p> Jean da Silva Soares, Maria Giovanna Guedes Farias ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/9732 Tue, 30 Jun 2020 15:50:18 -0300 Necessidade, acesso e uso da informação como fatores para qualidade de vida para mulheres em privação de liberdade http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/9738 <p>Apresenta resultados de pesquisa sobre necessidade, acesso e uso de informação por mulheres em privação de liberdade, realizada na ala feminina do Complexo Penal João Chaves (CPJC) Natal - RN, questionando como tais mulheres interpretam e constroem o conceito de qualidade de vida. Portanto, objetiva analisar como a necessidade, o acesso e uso de informações, disponibilizadas ou não pelo CPJC, contribuem para a (re)construção do conceito de qualidade de vida por parte dessas mulheres. Constitui-se pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa, do tipo estudo de caso, instrumentalizada pela observação participante não sistemática e entrevistas semiestruturadas. Após aquiescência do CPJC as entrevistas foram realizadas com 36 mulheres que aceitaram participar da pesquisa cujos dados foram analisados a partir de categorias segundo Bardin (2011). O entrecruzamento de conceitos da teoria com a realidade das entrevistadas culmina em falas bastante complexas e por vezes contraditórias. Entretanto, fica demonstrada a relevância da informação para a melhoria da qualidade de vida, sobretudo em ambientes onde a informação tem dificuldades de circular. Por fim, resulta que as mulheres privadas de liberdade não têm exatamente o que querem em termos de qualidade de vida, mas sabem o que desejam e expressam no sentido de alcançá-la.</p> Maria da Conceição Davi, Joana Coeli Ribeiro Garcia ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/9738 Tue, 30 Jun 2020 15:31:58 -0300 A influência das emoções positivas no compartilhamento do conhecimento organizacional http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/9900 <p>A Gestão do Conhecimento é uma área que propõe meios para uma organização capturar, estruturar e disseminar o conhecimento. Esse conhecimento pode ser desenvolvido no ambiente organizacional, partindo do indivíduo e sendo compartilhado em grupos. Para que o compartilhamento aconteça é necessária a criação de um ambiente propício para tal. Entretanto, esse mesmo ambiente não é suficiente para estimular tal compartilhamento uma vez que outras variáveis podem influenciar na interação dos indivíduos sendo, uma delas, as emoções positivas. Nesse sentido, o objetivo desta pesquisa é apresentar uma revisão sistemática da literatura que identifica os estudos publicados em periódicos nacionais e internacionais e que tratam do compartilhamento do conhecimento e das emoções positivas. A revisão sistemática foi executada seguindo seis etapas. Apesar dos resultados aqui alcançados apresentarem a tendência crescente no número de publicações sobre o tema investigado entre 2011 e 2020, ainda há poucos trabalhos acerca deste tema, merecendo a atenção dos pesquisadores devido à influência das emoções na forma em como as pessoas compartilham seus conhecimentos.</p> Nelson Tenório, Ely Mitie Massuda, Amanda Ferrarezi Vidotti ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/9900 Tue, 30 Jun 2020 15:22:59 -0300 Sensemaking approach e comportamento informacional de arquivistas na gestão de documentos universitários http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/10223 <p>O artigo objetiva analisar como comportamento informacional de arquivistas interfere no processo de gestão de documentos produzidos em universidades, a partir da abordagem sensemaking. Os aportes metodológicos corresponderam ao método de procedimento monográfico (estudo de caso), inscrito na Coordenação de Arquivos e Documentação da Universidade Federal da Bahia (CAD/Ufba), com descrições das atividades dos arquivistas, assistentes e técnicos em arquivos no ambiente institucional. O instrumento de pesquisa conferiu à estruturação de questionário eletrônico, que procurou caracterizar as habilidades dos arquivistas no processo de representação e organização de documentos universitários, as estratégias de busca e recuperação de conteúdos em sistemas de informação formais/ informais e a rotina das atividades de gerenciamento, organização e atendimento aos usuários e supervisão de acervos arquivísticos. Os resultados evidenciaram que os servidores concordam com a relevância das estruturas do comportamento informacional direcionado ao desenvolvimento das atividades arquivísticas, mas reconhecem que fatores operacionais e burocráticos limitam as práticas de organização na Coordenação analisada. As considerações finais assinalam que a abordagem sensemaking dos profissionais da arquivologia interfere, positivamente, na gestão de documentos arquivísticos da Ufba, apesar dos recursos escassos destinados ao desenvolvimento das atividades de gestão.</p> José Carlos Sales dos Santos, Teotonilía Maria Batista da Silva, Roberto Gonçalves Freitas ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/10223 Tue, 30 Jun 2020 14:48:20 -0300 Curadoria digital em bibliotecas virtuais http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/9990 <p>Este trabalho objetivou mapear as ações de curadoria digital, que englobam a gestão ativa e preservação da informação, na biblioteca virtual <em>Community Virtual Librarian</em> (CVL) do ambiente <em>Second Life</em> (SL), o projeto denominado <em>Internacional Virtual Worlds Database</em>, que tem por finalidade categorizar, descrever, preservar e tornar as comunidades do mundo virtual mais acessíveis publicamente. Esta é uma pesquisa exploratória e bibliográfica. A coleta de dados foi realizada por meio de observação direta imersiva no ambiente SL pelos autores, assim como pela aplicação de questionário à gestora da biblioteca virtual que também gerencia o referido projeto. A partir das informações coletadas, tomando-se como base o modelo de ciclo de vida do <em>Digital Curation Centre</em> (DCC), foram mapeadas as ações realizadas na biblioteca que podem contribuir para a curadoria digital dos objetos existentes nesse ambiente. Como resultado, foi possível observar que a implementação das etapas da curadoria digital já está relacionada às atividades dos espaços virtuais observados. Porém, essas atividades estão incompletas e necessitam ser melhor planejadas, formalizadas/documentadas, visando garantir a preservação das informações existentes no mundo virtual de forma íntegra, confiável e duradoura. Espera-se poder colaborar com a reflexão sobre a necessidade de gestão e preservação das informações em bibliotecas virtuais.</p> Raissa Carneiro Brito, Fabiano Cesar Mendoça Vidal, Sandra Albuquerque Siebra, Júlio Afonso Sá de Pinho Neto ##submission.copyrightStatement## http://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/9990 Tue, 30 Jun 2020 15:19:57 -0300