O uso dos blogs de ciência no campo da Ciência da Informação no Brasil e seus papéis na cultura científica

Palavras-chave: blogs, comunicação científica, divulgação científica, Ciência da Informação, cultura científica

Resumo

As Tecnologias da Informação e Comunicação reconfiguraram as formas de se produzir, comunicar e divulgar a ciência. Nesse contexto, assume-se que, no âmbito da Web 2.0, os blogs de ciência podem ser uma ferramenta no cumprimento desses papéis. Dessa forma, o objetivo desse trabalho é caracterizar os blogs de ciência no campo da Ciência da Informação brasileira, buscando apresentar a configuração da dinâmica temporal no âmbito da disseminação e divulgação científica. Trata-se de um estudo qualiquantitativo, exploratório, que se utiliza do levantamento como método de coleta dos blogs existentes, por meio de busca no blog “De Olho na CI” e no site da Faculdade de Informação e Comunicação da Universidade Federal de Goiás. Conclui-se que a dinâmica temporal do uso dos blogs na Ciência da informação no Brasil não pode ser dissociada de uma mudança de formato trazida pela Web 2.0, que introduziu as redes sociais e as redes sociais acadêmicas e que ambas não cumprem completamente o papel proposto pela espiral da cultura científica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karen Isabelle Santos-d'Amorim, Universidade Federal de Pernambuco

Karen Santos-d'Amorim é especialista em Gestão de Projetos (2017), mestranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).  Faz parte do corpo revisor do periódico Encontros Bibli (UFSC).  É membro do grupo de Pesquisa SCIENTIA (CNPq/UFPE), atuando nas áreas de Estudos métricos da Informação, Comunicação Científica, Economia Política da Informação, mais especificamente com os temas 'Desinformação, Desinformação na Comunicação Científica' e 'Information as a Commodity'. ´Faz parte do corpo técnico do Grupo Grupo de Arquitetura de Nanodispositivos Fotônicos e Bioinspirados" (CNPq/UFPE), tendo atuado em projetos do CNPq, Capes, Finep e Ponto Quântico Nanotecnologia, na Positiva/UFPE. Contato: karen.isantos@ufpe.br. CV-Lattes: http://lattes.cnpq.br/4093716426920140

 

 

Rúbia Wanessa dos Reis Cruz, Universidade Federal de Pernambuco

Doutoranda em Ciência da Informação e Mestre em Ciência da Informação, ambos no programa de Pós Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Pernambuco. É Bacharel em Secretariado Executivo, também pela Universidade Federal de Pernambuco. Foi professora substituta no Curso de Bacharelado em Secretariado Executivo Bilíngue da Universidade Federal da Paraíba. Possui interesses e atuação direcionados aos Estudos Métricos da Informação e Comunicação Científica, principalmente relacionados à construção de indicadores em Ciência Tecnologia e Inovação (CT&I). Atualmente, dá ênfase à construção de indicadores científicos do campo do Secretariado Executivo no Brasil.

Anna Elizabeth Galvão Coutinho Correia, Universidade Federal de Pernambuco
Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Pernambuco (1988), mestrado em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006), e doutorado em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2012). Atualmente é professora Adjunto 4 da Universidade Federal de Pernambuco, atuando na graduação em Biblioteconomia, e no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. Participa dos grupos de pesquisa SCIENTIA e Organização e Representação do Conhecimento. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Processos de Disseminação da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: acesso à informação, organização de arquivo, bibliometria, cientometria, tratamento da informação, Política de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Referências

Albabli, Sarita. “Divulgação científica: informação científica para a cidadania?” Ciência da Informação, vol. 25, no. 3, 1996, pp. 396-404.

Andrade, Juliana, Cassundé, Fernanda, and Barbosa, Milka. “Da liberdade à “gaiola de cristal”: sobre o produtivismo acadêmico na pós-graduação”. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, vol. 9, no. 1, 2019, pp. 169-197.

Araújo, Carlos Alberto Ávila. “O fenômeno da pós-verdade e suas implicações para a agenda de pesquisa na Ciência da Informação”. Encontros Bibli, vol. 25, 2020, pp. 01-17.

Araújo, Ronaldo Ferreira, and Vieira, Rosiene Marques. “Blogosfera como rede social: análise da interatividade dos blogs de Alagoas”. Informe: Estudos em Biblioteconomia e Gestão da Informação, vol.1, no. 1, 2012, pp.65-77.

Barata, Germana, et al. “O uso de mídias sociais por acadêmicos brasileiros”. Anais do 6.o Encontro Brasileiro de Bibliometria e Cientometria, 2018. Rio de Janeiro : FioCruz, 2018, pp. 209-217.

Brown, Eryn, and Woolston, Chris. “Why science blogging still matters”. Nature, vol. 554, 2018, pp. 135-137.
Bueno, Wilson Costa. “Comunicação Científica e Divulgação Científica: aproximações e rupturas conceituais”. Informação & Informação, vol. 15, no. esp, 2010, pp.1-12.

Bunge, Mário. Ciência e desenvolvimento. Belo Horizonte: Itatiaia; São Paulo: EDUSP, 1980.
Caregnato, Sonia and Sousa, Rodrigo. “Blogs científicos.br? Um estudo exploratório”. Informação & Informação, vol. 15, no. esp, 2010, pp. 56-75.

Chassot, Attico. “Blogues como artefatos pós-modernos para se alfabetização científica”. Competência: Revista de Educação Superior do Senac-RS, vol. 2, no. 1, 2009.

Correia, Anna Elizabeth Galvão Coutinho. O fluxo da informação no processo de pesquisa da UFPE: as influências das tecnologias da informação e comunicação, 2006. Universidade Federal de Santa Catarina, Masters dissertation.

Costa, Luciana et al. “O uso de mídias sociais por revistas científicas da área da ciência da informação para ações de marketing digital”. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, vol. 21, no. 2, 2016, pp. 338-358.

Fausto, Sibele et al. “O estado da blogosfera científica brasileira”. Em Questão, vol. 23, 2017, pp. 274-289, Edição Especial 5 EBBC, 2017.

Ferreira, Sueli, Marchiori, Patrícia and Cristofoli, Fúlvio. “Percepção e motivação para publicar em revistas tradicionais e de acesso aberto: um estudo nas ciências da comunicação”. Comunicação & Sociedade, vol. 31, no. 52, jul./dez. 2009, pp. 79-125.

Flores, Natália, and Fossá, Maria Ivete. “Estratégias de visibilidade de condomínios de Blogs de Ciência”. Animus. Revista Interamericana da Comunicação Midiática, vol.16, no. 2, 2017, pp. 96-113.

Freire, Isa Maria, Lima, Aline and Costa Júnior, Maurício. “Mídias sociais na web: de olho na CI para capacitação acadêmica e profissional”. Biblionline, vol. 8, no esp. 2, 2012, pp. 175-184.

Gomes, Isaltina, and Flores, Natália. “Um olhar Bakhtiniano sobre os blogs de ciência”. Macabéa –Revista Eletrônica do Netlli, vol. 1, no. 2, 2012, pp. 391-407.

Halévy, Marc. A era do Conhecimento: princípios e reflexões sobre a revolução noética no século XXI. Tradução de Roberto Leal Ferreira. Editora Unesp, 2010.

Herring, Susan et al. “Bridging the gap: analysis the genre weblogs”. Proceedings of 37th Hawaii International Conference On System Sciences, 2004, Los Alamitos. Los Alamitos: IEEE Computer Society 2004, pp.101-111.

Jarreau, Paige B. All the science that is fit to blog: an analysis of science blogging practices, 2015. Louisiana State University, PhD thesis. Acessado 24 out. 2019

Kumar, S Srijan, and Shah, Neil. “False Information on Web and Social Media: A Survey”. arXiv, vol. 01, no. 1, Abr. 2018, pp. 01-35.

Luzón, Maria. “Scholarly hyperwriting: the function of links in academic weblogs”. Journal of the American Society for Information Science and Technology, vol. 60, no. 1, 2008, pp. 75-89.

Mahrt, Merja and Puschmann, Cornelius. “Science blogging: An exploratory study of motives, styles, and audience reactions”. Journal of Science Communication, vol. 13, no. 3, 2014, pp. 01-17.

Meadows, A. J. Communicating Research. Academic Press, 1998.

Merton, Robert. “The Matthew Effect in Science: The reward and communication systems of science are considered”. Science, vol. 159, no. 3810, 1968, pp. 56-63.

Mueller, Suzana. “Popularização do Conhecimento Científico”. DataGramaZero, vol. 03, no. 2, 2002, pp.01-11.

Nassi-Calò, L. “Blogs como forma de comunicação científica na era das redes sociais”. SciELO em Perspectiva. Mar. 2018.

Orrico, Evelyn. “Ciência da Informação e divulgação científica: reflexos epistemológicos”. Anais do X Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2009. João Pessoa: UFPB, 2009.

Pariser, Eli. The filter bubble: What the internet is hiding from you. New York: Penguin Books, 2011. Impresso.
Primo, Alex. “Blogs na?o sa?o dia?rios on-line: matriz para a tipificação da blogosfera”. Revista FAMECOS: Mi?dia, Cultura e Tecnologia, vol. 36, no. 2, 2008, p.122-128.

Rojo, Ángela and Vega, José Antônio. “Weblogs: um recurso para los profissionales de la información”. Revista Española de Documentación Cientifica, vol. 26, no. 2, 2003, p. 227-236.

Silva, José Antônio. Blogues Científicos de Língua Portuguesa e sua atuação na Interface entre a Academia e a Sociedade. 2018. Programa de Pós-Graduação em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde da Casa de Oswaldo Cruz. Masters Dissertation. Rio de Janeiro, 2018.

Sousa, Rodrigo, Bufrem, Leilah, and Nascimento, Bruna. “Olhares complementares sobre letramento científico e o papel dos pesquisadores em comunidades virtuais”. Em Questão, vol. 21, no. 3, 2015, pp. 271-295.

Sugimoto, Cassidy, et al. “Scholarly use of social media and altmetrics: A review of the literature”. Journal of the Association for Information Science and Technology, vol. 68, no. 9, 2016, pp. 2037–2062.

Takata, Roberto. “Há uma crise nos blogues brazucas de ciências?” Blog Gene Repórter. out 2013.

Torres-Salinas, Daniel, and Cabezas-Clavijo, Álvaro. “Los blogs como nuevo medio de comunicacion cientifica”. Anais do 3. Encuentro Ibérico de Docentes e Investigadores en Información y Documentación, 2008. Salamanca:
Universidade de Salamanca.

Van Noorden, Richard. “Online collaboration: scientists and the social network”. Nature, vol. 512, 2014, pp.126-129.

Vogt, Carlos. “Ciência e bem-estar cultural”. ComCiência. Web. 10 jun 2010.

Vogt, Carlos. “The Spiral of Scientific Culture and Cultural Well-Being: Brazil and Ibero-America”. Public Understanding of Science, vol. 21, no. 1, Jan. 2012, pp. 4–16.

Zivkovic, Bora. “Publishing hypotheses and data on a blog: is it going to happen on science blogs?” Science e Politics.
Publicado
2020-06-30
Como Citar
Santos-d’Amorim, K., R. Cruz, e A. E. Correia. O Uso Dos Blogs De Ciência No Campo Da Ciência Da Informação No Brasil E Seus Papéis Na Cultura Científica. Brazilian Journal of Information Science: Research Trends, Vol. 14, nº 2 Abr-Jun, June 2020, p. 24-48, doi:10.36311/1981-1640.2020.v14n2.03.p24.
Seção
Artigos
Bookmark and Share