Visibilidade científica dos pesquisadores no Grupo de Trabalho - 4 da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação por meio da citação e cocitação

Palavras-chave: Visibilidade Científica, Análise de Citação, Análise de Cocitação, Grupo de Trabalho 4 - Gestão da Informação e do Conhecimento

Resumo

Esta pesquisa objetiva analisar os pesquisadores de maior visibilidade que contribuíram para o desenvolvimento da temática do Grupo de Trabalho - 4 - Gestão da Informação e do Conhecimento da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação por meio da análise de citação e cocitação, no período de 2013 a 2019. O levantamento dos dados deu-se a partir de uma súmula constituída das 109 pesquisas, sem autocitação. Nesse conjunto, apresentou-se um total de 2.604 referências. Por fim, construiu-se a matriz quadrada de tamanho 74X74  pesquisadores e utilizou-se o software Ucinet  para gerar a rede de cocitação. Como resultados, desse conjunto de pesquisadores, 46 (62,2%) apresentaram vínculos com o Brasil. As maiores frequências de cocitações encontram-se entre Davenport, T. e Prusak, L. (34 cocitações); Nonaka, I. e Takeuchi, H. (28 cocitações), entre outros. Como considerações finais, a análise de citação pode ser utilizada para identificar a frente de pesquisa, e a análise de cocitação é utilizada para identificar a similaridade temática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Henrique Alves, Universidade Federal Fluminense

Docente do Departamento de Ciência da Informação (GCI) da Universidade Federal Fluminense (UFF), nos cursos de Arquivologia e de Biblioteconomia/Documentação. Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" UNESP-Marília. Trabalha, principalmente, nos seguintes temas: Estudos Métricos da Informação, Bibliometria, Cientometria, Colaboração Científica, Coautoria, Sociologia da Ciência, Sociologia de Pierre Bourdieu e Gestão da Informação e de Bibliotecas. Participa dos Grupos de Pesquisa "Estudos Métricos em Informação" - UNESP/Marília e "Comunicação, Redes, Políticas de Informação" - Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.

Referências

Araújo, P. C. de, Castanha, R. C. G., and Hjørland, B.. Citation indexing and indexes. Knowledge Organization, 2019. https://www.researchgate.net/publication/335001947_Citation_indexing_and_indexes. Acessado 22 jun. 2020.

Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação [ANCIB]. Gestão da Informação e do Conhecimento. 2019. http://gtancib.fci.unb.br/index.php/gt-04. Acessado 15 abr. 2020.

Alves, B. H., Sobral, N. V., Oliveira, E. F. T. de, and Bufrem, L. S. A elite e a frente de pesquisa das comunicações publicadas nos anais do ISKO Brasil (2011-2015) à luz de conceitos de Pierre Bourdieu. In: Pinho, F. A.; Guimarães, J. A. C. (org.). Memória, tecnologia e cultura na organização do conhecimento. Recife, PE: Ed. UFPE, 2017. pp. 7-14.

Barradas, J. S., and Campos Fiho, L. A. N. Levantamento de tendências em gestão do conhecimento no Brasil: análise de conteúdo da opinião de especialistas brasileitos. Perspectivas em Ciência da Informação, vol. 15, no. 3, pp.131-154, set./dez. 2010. https://www.scielo.br/pdf/pci/v15n3/08.pdf. Acessado 21 jun. 2020.

Bem, R. M. de, and Ribeiro Júnior, D. I. A gestão do conhecimento dentro das organizações: a participação do bibliotecário. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, vol. 11, no. 1, pp. 75-82, jan./jul., 2006. https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/468. Acessado 15 abr. 2020.

Bourdieu, P. Questões de sociologia. Rio de Janeiro: Marco Zero, 1983.

Carvalho, R. A. de, Carvalho, C. P. de, and Caregnato, S. E. Interpretação e validação de agrupamentos em análise de cocitação de autores: estudo exploratório e metodológico. Em Questão, Porto Alegre, vol. 25, no. 2, pp. 89-116, maio/ago. 2019. https://doi.org/10.19132/1808-5245252.89-116. Acessado 15 abr. 2020.

Gil, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999.

González de Gómez, M. N. A análise das citações precisa de uma teoria ou da filosofia da ciência? Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, vol. 27, no. 2, pp. 89-103, maio/ago. 2017. https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/34569. Acessado 15 abr. 2020.

Grácio, M. C. C., and Oliveira, E. F. T. de. Análise de cocitação de autores: um estudo teórico-metodológico dos indicadores de proximidade, aplicados ao GT7 da ANCIB. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, vol. 9, no. 1, pp. 196-213, maio. 2013. https://doi.org/10.18617/liinc.v9i1.527. Acessado 15 abr. 2020.

Guedes, M. de C., Azevedo, N., and Ferreira, L. O. A produtividade científica tem sexo? um estudo sobre bolsistas de produtividade do CNPq. Cadernos Pagu, no. 45, pp. 367-399, 2015. https://doi.org/10.1590/18094449201500450367. Acessado 15 abr. 2020.

Leydesdorff, L. Theories of citation? Scientometrics, Amsterdam, vol. 43, no. 1, pp. 5-25, 1998. https://doi.org/10.1007/BF02458391. Acessado 15 abr. 2020.

Monteiro, S. A., and Duarte, E. N. Indicadores de qualidade para avaliação dos processos de gestão da informação. Anais of the 16th Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação: João Pessoa, UFPB, 2015.

Nicolescu, B. O Manifesto da Transdisciplinaridade. São Paulo: Triom, 1999.

Noronha, D. P. Análise das citações das dissertações de mestrado e teses de doutorado em saúde pública (1990-1994): estudo exploratório. Ciência da Informação, Brasília, vol. 27, no. 1, pp. 66-75, jan./abr. 1998. https://doi.org/10.1590/S0100-19651998000100009 Acessado 15 abr. 2020.

Noronha, D. P., and Maricato, J. de M. Estudos métricos da informação: primeiras aproximações. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florianópolis, n. esp., pp. 116-128, 1º sem. 2008. https://doi.org/10.5007/1518-2924.2008v13nesp1p116. Acesso em: 15 abr. 2020.

Oliveira, E. F. T., and Grácio, M. C. C. Visibilidade dos pesquisadores no GT7 da ANCIB: um estudo de cocitações. Anais of the 12th Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação: Brasília, UNB, 2011. pp. 2104-2119.

Santos Neto, J. A. dos, Santos, J. C. dos, Teles, P. S., and Valentim, M. L. P. Interdisciplinaridade no contexto da Ciência da Informação: correntes e questionamentos. Em Questão, Porto Alegre, vol. 23, no. 1, pp. 9-35, jan./abr. 2017. : http://dx.doi.org/10.19132/1808-5245231.9-35. Acessado 15 abr. 2020.

Silveira, M. A. A. da, and Caregnato, S. E. Demarcações epistemológica dos estudos de citação: concepção sociocultural das citações. Perspectivas em Ciência da Informação, vol. 23, no. 1, pp. 55-70, jan./mar. 2018. https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362018000100055. Acessado 24 jun. 2020.

Small, H. On the shoulders of Robert Merton: towards a normative theory of citation. Scientometrics, Amsterdam, vol. 60, no. 1, pp. 71-79, 2004. https://doi.org/10.1023/B:SCIE.0000027310.68393.bc. Acessado 15 abr. 2020.

Spinak, E. Dicionário enciclopédico de Bibliometria, Cienciometria e Informetria. Caracas: UNESCO, 1996.

Stumpf, I. R. C., and Branco, Z. de S. Análise de citações dos artigos da INTERCOM - Revista Brasileira de Ciências da Comunicação (1985 - 2008). Informação & Informação, vol. 15, no. esp., pp. 94-110, 2010. http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2010v15n1espp93. Acessado 22 jun. 2020.

Sveiby, K. E. Gestão do conhecimento: as lições dos pioneiros. GlobalBrands – Sveiby Associados, 2001.

Vanz, S. A. de S., and Caregnato, S. E. Estudos de citação: uma ferramenta para entender a comunicação científica. Em questão, Porto Alegre, vol. 9, no. 2, pp. 247-259, jul./dez. 2003. https://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/75. Acessado 15 abr. 2020.

White, H. D. Cocited author retrieval online: an experiment with the social indicators literature. Journal of the American Society for Information Science and Technology, vol. 32, no. 1, pp. 16-21, jan. 1981. https://doi.org/10.1002/asi.4630320103. Acessado 15 abr. 2020.

White, H. D., and Mccain, K. W. Visualizing a discipline: an author co-citation analysis of information science, 1972-1995. Journal of the American Society for Information Science, vol. 49, no. 4, pp. 327-355, 1998. http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/summary?doi=10.1.1.95.6296. Acessado 15 abr. 2020.
Publicado
2020-08-31
Como Citar
Alves, B. Visibilidade Científica Dos Pesquisadores No Grupo De Trabalho - 4 Da Associação Nacional De Pesquisa E Pós-Graduação Em Ciência Da Informação Por Meio Da Citação E Cocitação. Brazilian Journal of Information Science: Research Trends, Vol. 14, nº 3, Aug. 2020, p. e020005, doi:10.36311/1940-1640.2020.v14n3.10142.
Bookmark and Share