A política externa do México durante o Estado neoliberal (1982-2012)/The foreign policy of Mexico during the neoliberal state (1982-2012)

Diogo Ives

Resumo


O artigo analisa a política externa mexicana no período de 30 anos entre as presidências de Miguel de La Madrid (1982-88) e Felipe Calderón (2006-12) tendo como base teórica os paradigmas de Estado de Amado Cervo. O objetivo é avaliar os impactos que o surgimento do Estado neoliberal a partir do governo de La Madrid teve sobre o comportamento do país no sistema internacional. Observa-se que o aprofundamento do programa neoliberal nas décadas seguintes levou a uma aproximação crescente com os Estados Unidos, devido à dependência econômica, bem como com a América Central, devido a preocupações securitárias. No entanto, gerou um afastamento em relação à América do Sul. Diante da crise econômica de 2009, o governo de Calderón buscou ampliar a presença no espaço sul-americano, a fim de contrabalancear a vulnerabilidade sentida em relação aos Estados Unidos, por meio de iniciativas como a CELAC e a Aliança do Pacífico.

Palavras-chave: Política Externa do México; Paradigmas de Estado.

 

 

Abstract: This paper analyzes the Mexican foreign policy in the 30-year period between the presidencies of Miguel de La Madrid (1982-88) and Felipe Calderón (2006-12) according to the theory of State paradigms by Amado Cervo. The objective is to evaluate the impact that the emergence of the neoliberal State during La Madrid’s government had over the country's behavior in the international system. It concludes that the deepening of the neoliberal program in the following decades led to a growing rapprochement with the United States, due to economic dependency, as well as with Central America, due to security concerns. However, it generated a detachment from South America. In the face of the economic crisis of 2009, the Calderon government sought to expand its presence in the South American space through initiatives such as CELAC and the Pacific Alliance in order to offset the vulnerability felt toward the United States.

Keywords: Mexican Foreign Policy; State Paradigms.


Texto completo:

PDF


Copyright 2012 | IGEPRI | Instituto de Gestão Pública e Relações Internacionais |  Os conceitos emitidos em artigos assinados pela BJIR são de absoluta e exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de seus idealizadores.