Revista Aurora foi criada durante o segundo semestre de 2007. Sua primeira edição é de dezembro de 2007. Classificada, atualmente, como "Qualis B5 e B3" pela CAPES, a revista é coordenada por estudantes do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Unesp-Marilia, e está indexada nas bases Latindex e Sumarios.org

 Contando com três seções: Dossiê, Miscelânia e Seção Especial, a revista busca criar mais um espaço para a discussão tanto dos temas clássicos quanto contemporâneos, buscando a promoção constante do diálogo entre áreas do conhecimento das Ciências Sociais, como a antropologia, a ciência política, a sociologia, filosofia e a história. A Revista Aurora não se caracteriza, portanto, como uma revista departamental, antes, pois, abre espaço para o debate interdisciplinar presente nas quatro linhas de pesquisa do programa de pós-graduação da Unesp-Marilia, que são: Linha 1: Pensamento Social e Políticas Públicas; Linha 2: Cultura, Identidade e Memória; Linha 3: Trabalho, e Sociabilidade; Linha 4: Relações Internacionais e Desenvolvimento.

 Comprometida com a critica social, com a reflexão crítica e inovadora acerca de problemáticas sociais, com o pluralismo no campo da pesquisa e prezando pela abertura às diferentes vertentes das Ciências Sociais, a Revista Aurora está aberta a colaboração de pesquisadores, docentes e estudantes de quaisquer universidades e institutos de pesquisas do Brasil e do exterior.