Educação especial no Brasil: os primeiros passos e seus princípios norteadores

  • Bruna Carla de Carvalho Amaral Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) – UNESP/campus de Marília
Palavras-chave: História da Educação Especial, Higienismo, Escola Nova, Pedagogia Científica

Resumo

O presente trabalho busca relacionar o contexto histórico e as influências ideológicas que circundavam a criação das primeiras experiências em educação especial formal no Brasil. Para tanto, utilizou-se o levantamento realizado por Gilberta Jannuzzi em sua obra A Educação do deficiente no Brasil: dos primórdios ao início do século XXI, com ênfase para o período da Primeira República. No contexto analisado, a partir de revisão bibliográfica, foi possível verificar que esse cenário sofreu forte influência das ideias liberais, do cientificismo, escolanovismo, higienismo, eugenismo e pedagogia científica. Percebeu-se expressiva influência do poder médico no que se refere a determinação de padrões de normalidade, saúde e loucura e na organização interna das escolas e concepção das bases para educação especial.

Recebido: 01/04/2019

Aceito: 01/05/2019

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Carla de Carvalho Amaral, Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) – UNESP/campus de Marília

Licenciada em História pela Universidade Estadual de Campinas e mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação pela “Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho” (Unesp – FFC - Câmpus de Marília)

Publicado
2019-12-20
Seção
Artigos de Pesquisa