Formação para o desenvolvimento humano no ensino superior

  • Gabriel Scoparo do Espírito Santo Engenharia Civil na Faculdade da Alta Paulista – FAP
Palavras-chave: Educação Desenvolvimental, Ensino Superior, Didática

Resumo

Das diversas pesquisas feitas em educação, poucas buscam modificar áreas de práticas cristalizadas como a docência no ensino superior fora das licenciaturas. Este trabalho busca mostrar a relevância da atenção a esse setor, uma vez que o ensino superior atual forma uma geração de profissionais atuantes na gestão e manutenção da produção no sistema capitalista. Para aqueles que pretendem avançar a sociedade para além do capital, é imprescindível que as classes intermediárias dos trabalhadores sejam transformadas. Assim, apresentamos a necessidade da atuação na classe de trabalhadores da Engenharia como exemplo de “mão de obra qualificada” que reproduz a lógica do capital. Em seguida apontamos a possibilidade de atuação nessa classe através dos cursos de formação profissional, ou seja, preparar a classe para outra forma de atuação. Por fim, apontamos a maneira de modificar essa formação, qual seja, através da didática baseada na Teoria Histórico-Cultural.

Recebido: 29/03/2019

Aceito: 12/07/2019

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Scoparo do Espírito Santo, Engenharia Civil na Faculdade da Alta Paulista – FAP

Mestre em Ensino de Física (PPGE-UNESP/Marília, 2015). Doutorando em Educação (PPGE-UNESP/Marília). Assistente de Suporte Acadêmico II – Física, no Laboratório de Física da FCE – UNESP/Tupã e professor de Física Geral do curso Geral do Curso de Engenharia Civil na Faculdade da Alta Paulista – FAP.

Publicado
2019-12-20
Seção
Artigos de Pesquisa