Educação em tempos de crise: o movimento ‘escola sem partido’, como meio de desconstrução do ensino emancipatório

  • Luiz Ferreira Lima Neto
  • Arliene Stephanie Menezes Pereira
Palavras-chave: Educação, Conservadorismo, Projeto Escola Sem Partido, Lei da mordaça

Resumo

Este artigo apresenta resultados de um estudo bibliográfico sobre os movimentos de linha conservadora no pós golpe de 2016. Utiliza-se como embasamento principal as contribuições dos autores Frigotto (2017), Penna (2017) e Salles (2017). Discute-se de modo crítico o projeto de lei denominado de Escola Sem Partido, conhecido também como “lei da mordaça”, que visa incluir o controle da ação docente. Analisa-se o comprometimento da docência, e a desconstrução de sua identidade crítica, no intuito de informar e projetar a discussão entre educadores e sociedade sobre tais fatos, bem como, possibilitar debates que levem a reflexo-ação necessária, sobre os riscos que o projeto pode ocasionar à educação. Justificamos a importância do trabalho como fomento ao embasamento teórico-crítico contra projetos que vão na contramão de uma educação política e que deslegitima a ação pedagógica. Conclui-se que projeto de lei nada mais é, do que premeditações da elite de silenciar docentes, minorias e os menos favorecidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Ferreira Lima Neto

Graduado em Educação Física pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará-IFCE. Acadêmico do Curso de Licenciatura em Letras Português na Universidade Federal do Ceará (UFC). Servidor da Secretária de Cultura e Turismo do Município de Morada Nova-CE. Docente da Escola Educandário Pequeno Aprendiz, Morada Nova-CE. E-mail: byluizneto@gmail.com Orcid: 0000-0002-6273-7695. Endereço para correspondência: Rua Maximo Saraiva, 583. Bairro: Girilândia, Morada Nova-CE.

Arliene Stephanie Menezes Pereira

Mestranda em Educação Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN, na linha de estudos sócio filosóficos sobre o corpo e o movimento humano. Graduada em Licenciatura plena em Educação Física pela Universidade Estadual do Ceará-UECE. Graduada em Gestão desportiva e de lazer pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará-IFCE. Especialista em Arte-Educação e cultura Popular e Especialista em Gestão Educacional e Práticas Pedagógicas-FTDR. Docente do IFCE-campus Morada Nova. Integrante do grupo de pesquisa Estesia: corpo, fenomenologia e movimento. E-mail: stephanie_ce@hotmail.com. Orcid: 0000-0002-3042-538X. Endereço para correspondência: Rua da Caravela, 451 Barra do Ceará. Fortaleza-CE.

Publicado
2018-12-24
Seção
Artigos de Pesquisa